Quem sou eu

Quem sou eu
Em primeiro lugar uma pessoa grata a Deus por cada dia a mais que Ele me dá neste mundo de loucos ( sou uma deles )Depois mulher e mãe. Sempre fui apaixonada por livros e os meus são só a extensão desta paixão. Se escrevo bem, se consigo emocionar, vocês que vão dizer.

Primeiro Capítulo

Por dentro das Notícias

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

SQF: Entre os melhores!

Google+ Followers

Seguidores

Marcadores

#CircuitoNovoConceito (5) Adote um autor nacional (1) Aniversario (1) Bem-vinda ao blog (2) Bem-vindos ao blog (1) Beta Reader (1) bookaholic (1) Caixinha de Correio. (3) Capa (1) Capas (1) Colaborador (2) Comunicado (1) DECLARAÇÃO (1) Dia dos namorados (1) Divulgação (48) e Sextante (1) Editora Arqueiro (42) Editora Arqueiro Sextante (1) Editora Arqueiro Sextante Saída de Emergência. (1) Editora Baraúna (5) Editora Belas Letras (6) Editora BUTTERFLY (5) Editora Dimensão (2) Editora Dracaena (24) Editora ebookar (1) Editora Harlequin (18) Editora iD (2) Editora Intrínseca (2) Editora Kalunga (1) Editora Leya (2) Editora Novo Conceito (47) Editora Novo Século (18) Editora Petit (19) Editora Saída De Emergência. (3) Editora sextante (6) Editora Suma das Letras (2) Editora Universo dos livros (15) Editora Verus (1) Editora Vida Consciência (47) Editoras (12) Editoras Novo Conceito. (20) Editoras Novo Século (6) Entrevistas (3) Eu leio Brasil (1) Eu Leio seu Livro (1) Feliz Natal (1) Folclore (1) Grupo Record (2) Homenagem (9) Memes e Selinhos (9) Meu livro (9) Natal (2) Parceria (5) Páscoa (2) Poemas Machado de Assis (1) Pratique essa Ideia. (1) Promoção (42) Promocao 3 em 1 (4) Promoção de Aniversario. (3) Promoção de Aniversario.III (1) Promocão Foi assim que te amei (1) Promocões (5) Resenha Pedro Bandeira (1) Resenhas (74) Resultado de Promos (45) Séries on line (1) Sesc Pinheiros (2) Só para mulheres (1) Top comentarista (2) Top cometarista (11) TPM (1) Um sonho a mais (3) Verus Editora (1)

Blogs Parceiros

Estou lendo

Já li!

Visitas Recentes

Visualizações

Pesquisar este blog

terça-feira, 9 de abril de 2013

Resenha - Eu, Meu Pai e meus Outros Amores

Sinopse - Eu, meu pai e os meus outros amores - Lilian Reis

SINOPSE Eu, meu pai e os meus outros amores... Há coisas na vida que acontecem e a pessoa se revolta, fica com raiva de tudo e de todos, contudo, Jade teve que aprender da maneira mais dura, que o mundinho no qual ela vivia era fútil, uma imensa bola cheia de nada. Para Jade, tudo que importava era sua mãe, padrasto e amiga. O pai era um sonho inalcançável, uma figura por quem Jade nutria “sentimentos incompreensíveis”. Ela acreditava que aquela vida de badalações, academia de dança, luais, e festas eram tudo de bom, e para o qual valia a pena viver. O resto era descartável. Entretanto, Jade fora inserida “contra sua vontade”, em outro mundo. Um lugar completamente sem valor para ela. As pessoas pouco lhe interessavam e tampouco ela acreditava que eles se interessassem por ela. Para ela, uma garota da cidade grande, o que importava eram as coisas que ela podia fazer e a maneira como se divertia, e amava apenas essas pessoas que eram seu ”tudo”...(skoob)

Resenha


 Eu não tinha tantas expectativas quanto ao livro de hoje, sentia apenas interesse e acreditava que a história poderia apenas me agradar quando a lesse. Não obstante, ele me proporcionou sim uma leitura agradável, mas não foi um livro que valha expressão “Nossa, que livro maravilhoso”. De forma alguma! Contudo a autora tem uma pegada emocional que divide o leitor quase sempre em sua narrativa. Tinha ora que amava a história, ora que odiava e ora que ficava em cima do muro sem ter uma conclusão definida. Terminei o livro avaliando-o como bom, e apenas isso.

 Em algumas de minhas resenhas acho que já cheguei a comentar que não curto muito livros com narrativas em primeira pessoa justamente por que a maioria delas são muito descritivas e tornam a leitura cansativa ao extremo. Acabo ficando com raiva do (a) autor (a) e irritado com o livro, muitas vezes dou murros na capa, confesso. Em Eu, meu Pai e Outros Amores a narrativa é sim em primeira pessoa, mas não é algo que é muito descritivo e isso me alegrou, pois tornava a leitura mais breve e esclarecida. Claro que aprecio quando o autor descreve cenários detalhadamente, pois deixa a imaginação do mesmo mais nítida na cabeça, mas quando é de determinadas situações e o autor enfatiza, acho muito supérfluo da parte dele elucidar algo que pode ser contado em poucas palavras. Acho que vocês entenderem o que quis dizer.

O livro vai relatar de Jade ao perder sua mãe e padrasto num acidente de carro. A partir daí ela terá que morar com seu pai numa cidade do interior e terá que deixar o movimentado Rio de Janeiro. Fica relutante em voltar para aquele lugar, mas com o passar do tempo acaba se adaptando e passa a ter um relacionamento amigável com o pai, que antes não tinha. Ela conhece Isolda, a mulher que está com seu pai e seus dois filhos Duke e Fred, que são seus meio irmãos.  

Custei muito a entender a proposta do livro, não conseguia enxergar claramente qual era o propósito de Lílian e admito que em certos momentos achei a história desnecessária e bastante clichê. No decorrer da leitura o “desnecessário” ficou de lado, mas o “clichê” prevaleceu. É muito previsível o que acontecerá no final, e logo me conformei com o fato de que era esse o final e pronto.

 A mensagem de recomeço que a autora passa ao leitor é meio que óbvio, e já vimos isso em outros livros. Não soma e nem subtrai, apenas enfatiza algo que já sabemos. Os personagens criados por Lílian têm um carisma incomparável, e é super fácil se apegar a eles. O Fred foi meu preferido por que em todo o livro ele agiu com um homem, não é inteiramente romântico, o que deixa a história mais interessante. Suas atitudes correspondem às nossas de homens, e vi muito de nós nele. Não é um mocinho, tampouco vilão, é apenas um garoto que tem certeza do que quer, e usa poucas palavras.

 O livro seria um quatro estrelas fácil, mas dois pontos nele me fizeram diminuir sua avaliação. Ele tem alguns erros de digitação. Vi frases sem ponto final, início de parágrafo com letra minúsculo, e erro de nomes, como Clarisse Lispector, quando é Clarice com “c”. O outro ponto foi que achei que a autora repetia algumas coisas, e certas cenas poderiam ter sido descartadas e ter focado mais ainda no romance de Jade com Fred, que em meu ver acabou ficando em segundo plano.

 Em suma, Lílian Reis escreveu um livro bom, sua narrativa é gostosa, seus personagens são fantásticos e seu talento é notável ao nos fazer amar cada um deles. Desejo sucesso a autora e agradeço pela parceria. É um livro que agradará a muitas pessoas, como já vem agradando a tantas. Recomendado! 


 Douglas Brandão

4 comentários:

Liliana disse...

Obrigada pela resenha! Beijos. Lilian Reis.

Pati Peña disse...

Livro lindo, apaixonante, viciante e tocante, se tornou um dos meus queridinhos ;)
Pati

Blake disse...

Acho que essa é a primeira resenha que leio desse livro. Só o conhecia de nome mesmo.
Parece ser bom e ter uma narrativa apaixonante. Quem sabe ainda não o leio.

BjO
http://the-sook.blogspot.com.br/

Marli Carmen disse...

Olá.
Gostei da sua sinceridade na resenha, apesar de não concordar em tudo. Cada leitor tem sua opinião e foi bom conhecer a sua.
Beijocas
http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
2009 Template Bucólico|Templates e Acessórios