Quem sou eu

Quem sou eu
Em primeiro lugar uma pessoa grata a Deus por cada dia a mais que Ele me dá neste mundo de loucos ( sou uma deles )Depois mulher e mãe. Sempre fui apaixonada por livros e os meus são só a extensão desta paixão. Se escrevo bem, se consigo emocionar, vocês que vão dizer.

Primeiro Capítulo

Por dentro das Notícias

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

SQF: Entre os melhores!

Google+ Followers

Seguidores

Marcadores

#CircuitoNovoConceito (5) Adote um autor nacional (1) Aniversario (1) Bem-vinda ao blog (2) Bem-vindos ao blog (1) Beta Reader (1) bookaholic (1) Caixinha de Correio. (3) Capa (1) Capas (1) Colaborador (2) Comunicado (1) DECLARAÇÃO (1) Dia dos namorados (1) Divulgação (48) e Sextante (1) Editora Arqueiro (42) Editora Arqueiro Sextante (1) Editora Arqueiro Sextante Saída de Emergência. (1) Editora Baraúna (5) Editora Belas Letras (6) Editora BUTTERFLY (5) Editora Dimensão (2) Editora Dracaena (24) Editora ebookar (1) Editora Harlequin (18) Editora iD (2) Editora Intrínseca (2) Editora Kalunga (1) Editora Leya (2) Editora Novo Conceito (47) Editora Novo Século (18) Editora Petit (19) Editora Saída De Emergência. (3) Editora sextante (6) Editora Suma das Letras (2) Editora Universo dos livros (15) Editora Verus (1) Editora Vida Consciência (47) Editoras (12) Editoras Novo Conceito. (20) Editoras Novo Século (6) Entrevistas (3) Eu leio Brasil (1) Eu Leio seu Livro (1) Feliz Natal (1) Folclore (1) Grupo Record (2) Homenagem (9) Memes e Selinhos (9) Meu livro (9) Natal (2) Parceria (5) Páscoa (2) Poemas Machado de Assis (1) Pratique essa Ideia. (1) Promoção (42) Promocao 3 em 1 (4) Promoção de Aniversario. (3) Promoção de Aniversario.III (1) Promocão Foi assim que te amei (1) Promocões (5) Resenha Pedro Bandeira (1) Resenhas (74) Resultado de Promos (45) Séries on line (1) Sesc Pinheiros (2) Só para mulheres (1) Top comentarista (2) Top cometarista (11) TPM (1) Um sonho a mais (3) Verus Editora (1)

Blogs Parceiros

Estou lendo

Já li!

Visitas Recentes

Visualizações

Pesquisar este blog

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

1º Lançamento: Saída de Emergência! A Corte do Ar!

Sinopse - A Corte do Ar - Jackelian - Livro 01 - Stephen Hunt

Nesse aventura repleta de drama e ação, Molly carrega em seu sangue um segredo que a torna alvo de inimigos do Estado. Já Oliver é acusado de assassinato e precisa fugir para salvar sua vida. Logo, os dois se juntam para lutar contra um antigo poder que parecia derrotado havia milênios.

Adicione em seu Skoob clicando AQUI.
LER TODO O ARTIGO...

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Resenha: O AMOR MORA AO LADO!


                Sinopse - O Amor Mora Ao Lado - A vida também nos reserva boas surpresas - Debbie Macomber
Lacey Lancaster sempre quis ser esposa e mãe. No entanto, depois de um divórcio bastante doloroso, ela decide que é hora de dar um tempo em seus sonhos e seguir sozinha mesmo. Mas não tão sozinha: sua gatinha abissínia, Cléo, torna-se sua companhia de todas as horas. Até é uma vida boa — um pouco aguada, é verdade — a de Lacey. A não ser por seu escandaloso vizinho, Jack Walker. Quando Jack não está discutindo, sempre em voz muito alta, com sua namorada — com quem insiste em morar junto — está perseguindo seu gato, chamado Cão, pelos corredores do prédio. E Cão está determinado a conseguir que a gatinha Cléo sucumba aos seus avanços felinos. Jack e Cão são realmente muito irritantes. Mas acontece que a primeira impressão nem sempre é a que fica...

Resenha:

Lacey Lancaster, divorciou-se a pouco mais de um ano. Sua separação foi devido a infidelidade do marido com uma mulher muito mais jovem. Após a separação, Lacey decidiu recomeçar de novo. Começar do zero mas, só que em outra cidade. Sua única companhia, era sua gata de raça Cléo, e seu vizinho que infelizmente não sabia o significado da palavra NÃO. 

Porém, Jack é charmoso, e muito persistente, — desde a primeira vez que a viu tentava de todas as formas conquista-la — e tão ou mais sem vergonha que seu ex. Ele não se importava que a vizinhança inteira ouvisse suas brigas com sua namorada. As brigas eram tão intensas que Lacey as ouvia através da fina parede que separa os apartamentos. 

Mesmo mantendo distância do seu charmoso vizinho, sua gata Cléo, entra no cio e por um descuido seu, cruza com Cão, o gato de rua de Jack. Cansada de ser explorada por todos — seu patrão abusada de sua boa vontade — resolve que estava mais que na hora de dividir a responsabilidade com alguém. Ri de chorar nesta parte!

Essa era a oportunidade perfeita para Jack, que com a desculpa de visitar Cléo, achou a brecha perfeita para uma maior aproximação de Lacey. 

Com a  convivência quase que diária Lacey ,começa a conhecer melhor seu vizinho e vê que nem tudo é o que parecia ser e que nem todos os homens, são iguais a seu ex marido. Entretanto, o que ela não queria era se apaixonar, mas com o passar do tempo, ela se viu caindo no charme irresistível de Jack.

O livro é pequeno menos de 140 páginas. Não esperem uma história profunda porque não é. Mas a história é bem bonitinha. Fala de reconheço, de dar mais uma chance a si mesma. Lacey estava tão focada em seu passado que não enxergava as possibilidades para o futuro. 

É um livro que você lê em menos de duas horas. Ótimo para ler em uma tardinha com uma xicara de chá bem quentinho.

O livro foi cedido pela nossa parceira Novo Conceito. A capa é bem elaborada assim como a diagramação. Adoro letras grandes e o livro é todinho assim.

E ai, gostaram? Deixem seus comentários!

LER TODO O ARTIGO...

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Harlequin traz novidades lindas e especiais!

Em novembro a Harlequin traz novidades lindas e especiais! Muito romance com Históricos, Paixão, a saga imperdível dos MacGREGORS, uma nova coleção com 3 livros, que reúne as melhores histórias de  MARIDOS BILIONÁRIOS  - Uiiii!!!


Além disso, 25 de novembro é o Dia Internacional de combate à Violência contra a Mulher. Data que merece ser lembrada!

Confiram as NOVIDADES!







LER TODO O ARTIGO...

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Escolha sua vida, de Paula Abreu‏!



Sinopse - Escolha sua vida - Paula Abreu

“Cuidado! Este é um livro muito perigoso. Ele vai destruir todas as suas desculpas para não estar vivendo a vida que gostaria. Ao terminar de ler, você poderá ter vontade de largar o seu emprego, terminar o seu relacionamento, mudar de cidade, virar a sua vida de cabeça para baixo.” - Paula Abreu Todos os dias, a vida nos dá uma nova chance de recomeçar. Mas em geral o medo, a insegurança e a falta de tempo nos impedem de aproveitar essa oportunidade. Ao ler este livro, você vai descobrir como se abrir para essas mudanças, sair da inércia e começar a viver a vida segundo as suas próprias regras. Isso significa reafirmar seus valores, abandonar crenças limitadoras, definir sua noção de felicidade e ir à luta. Não espere mais. Mude – mesmo que ainda não se sinta pronto. O importante é dar o primeiro passo. Escolha sua vida traz exercícios práticos e diversas reflexões para ajudar você a iniciar essa jornada. 

LER TODO O ARTIGO...

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Lançamentos Arqueiro e Sextante! O Inocente de Harlan Coben e Mulheres as Avessas de Lígia Guerra!

Sinopse - O Inocente - Harlan Coben


Ao mesmo tempo forte e avassalador, o livro traz uma história que prende irresistivelmente a atenção - ela trata das escolhas que todos nós um dia somos obrigados a fazer e como alguns erros podem mudar nossa vida para sempre. Quando jovem, Matt Hunter matou acidentalmente um rapaz quando tentava separar uma briga. Foi preso e condenado a quatro anos de prisão. Agora, ao lado da esposa Olívia, grávida de seu primeiro filho, sua vida parece tranqüila, até que recebe misteriosas ligações em seu celular com câmera: imagens perturbadoras de Olívia e de um homem misterioso. Quando o sujeito morre com dois tiros no rosto, Matt passa a ser o principal suspeito não só desse homicídio, mas também de outros. Pois parece haver uma conexão macabra entre esses crimes e o passado de Matt... e o de Olívia também...


Clique AQUI para ler um trecho!



Sinopse - Mulheres às avessas - Relacionamentos, medos, tabus, relação com o trabalho, família - Lígua Guerra

Discutindo temas polêmicos, como a falta de desejo sexual, a inveja de outras mulheres, a retomada da própria vida após a maternidade, o sentimento de inferioridade e os problemas conjugais, este livro vai virar a sua alma pelo avesso. Nós, mulheres, vivemos cercadas de dilemas – a tão sonhada maternidade traz milhares de culpas; fazemos malabarismos para equilibrar a carreira com o casamento; a aparência física é um fantasma que nos assombra dia e noite; a sexualidade tem diversas questões mal resolvidas – e nem sempre sabemos lidar com tantas pressões. Muitas vezes, o que falta para nos livrarmos dessa roda-viva é a coragem para virar nossa alma pelo avesso e trazer à tona aquilo que realmente importa. Para isso, é necessário abrir mão do vício da infelicidade e aprender a fazer novas escolhas. É preciso que as mulheres parem de se sentir menos do que são e comecem a desbravar novos caminhos. Nesse percurso, a psicóloga Lígia Guerra estará ao nosso lado, guiando-nos passo a passo, indicando os atalhos e as armadilhas e mostrando as dificuldades e recompensas que nos aguardam mais à frente. Numa conversa franca, de mulher para mulher, Lígia expõe os medos, as angústias, os desejos e os conflitos mais comuns do universo feminino, dando conselhos valiosos para ultrapassarmos algumas das nossas maiores barreiras emocionais. “Chegou a hora de conquistar o seu lugar no mundo. Em algum momento, precisamos abrir mão das nossas seguranças exteriores para podermos crescer interiormente. Por mais lindo que seja o jardim da sua casa, a estrada da vida começa do outro lado do portão. Este é o momento de fazer a travessia.” – Lígia Guerra. 


E ai, gostaram?

LER TODO O ARTIGO...

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Feliz Natal, Alex Cross!

É véspera de Natal, tempo de paz e fraternidade

Infelizmente nem todos pensam assim. Após deter um ladrão que estava roubando a caixa de doações da igreja, tudo o que Alex Cross quer é ter uma noite feliz com sua família. Mas, para tristeza de seus filhos, de Bree e de Nana Mama, o detetive será convocado para solucionar não apenas um, mas dois casos no feriado.

Numa bela mansão, uma família é mantida refém

Alex atravessa a cidade rumo a uma das regiões mais nobres de Washington. Henry Fowler, um famoso advogado que viu sua vida e sua carreira serem arruinadas, ameaça matar os filhos, a ex-mulher e seu novo marido. Psicótico e viciado em metanfetamina, Fowler precisa ser detido. Mas a pergunta que não sai da mente do psicólogo que habita em Cross é: o que faria alguém tão bem-sucedido afundar dessa maneira?

Envenenamento e terror na estação de trem

Convocado às pressas pelo FBI, Cross terá que capturar uma antiga inimiga: a terrorista Hala Al Dossari, que foi reconhecida por uma das câmeras da Union Station. Em pouco tempo acontecem mortes e explosões. Mas será esse ataque seu único objetivo? Ou tudo fará parte de um plano maior, capaz de gerar uma catástrofe nacional?


SOBRE O AUTOR:

Com 275 milhões de livros vendidos em mais de 100 países, James Patterson é um dos maiores escritores do mundo. Recordista de presença na lista de mais vendidos do The New York Times, é autor das consagradas séries Alex Cross e Clube das Mulheres contra o Crime.


TÍTULO ORIGINAL: Merry Christmas, Alex Cross


TRADUÇÃO: Beatriz Medina


Siga-nos no twitter: @editoraarqueiro

Facebook: /Editora.Arqueiro

Instagram: /editoraarqueiro


Assista ao booktrailer de Feliz Natal, Alex Cross: http://www.youtube.com/watch?v=ZlcK2c4q4Tg




Clique AQUI  para ler um trecho.
E
AQUI para assistir ao Trailer.
LER TODO O ARTIGO...

Uma noite sem fim!

Sinopse
Uma noite sem fim focaliza os bastidores espirituais de uma grande empresa. César, presidente da organização, preocupado com a continuidade do empreendimento e o futuro dos filhos, nomeia-os diretores. Arnaldo, ambicioso, pretende suceder o pai. Felipe, melhor preparado, é o favorito, mas não é apegado a bens materiais. 
Um dia, César anuncia os novos vice-presidentes: Arnaldo e Felipe. Para Arnaldo, a promoção pouco significa: seu único objetivo é alcançar o comando da empresa, seja qual for o preço. Espíritos vingadores o perseguem: em outros tempos, o rico herdeiro agiu criminosamente. Um dia, César, hospitalizado, precisa ser substituído. Felipe, preocupado com o pai, sequer imagina a terrível armadilha que o irmão colocará em seu caminho...

Autor
Antonio Demarchi

Médium e orador, Antonio Demarchi nasceu em Duartina, Estado de São Paulo, e viveu sua infância e adolescência de Paulistânia, pequena cidade próxima da região de Bauru (SP). Em 1968, vai para São Paulo,  onde se mudou com a intenção de estudar e trabalhar. Em 1976, graduou-se em Economia pelo Instituto Municipal de Ensino de São Caetano do Sul (SP).
Conheceu o Espiritismo na mesma época em que cursava Economia. Estudou na Federação Espírita do Estado de São Paulo (Feesp), onde frequentou o curso de Educação Mediúnica. Desde 1981 é colaborador do Centro Espírita A Caminho da Luz, sediado no bairro da Água Rasa, em São Paulo. Orador requisitado, é convidado a proferir palestras em seminários, simpósios e congressos, ocasião em que procura levar adiante a divulgação do Espiritismo.
Dedicado ao trabalho de psicografia literária, Demarchi pretende continuar a tarefa enquanto os bons espíritos encontrarem nele “uma ferramenta útil para a difusão do ideal cristão entre os homens, tão bem expresso na Doutrina dos Espíritos”.


LEIA O PRIMEIRO CAPITULO CLICANDO AQUI


VISITEM O SITE DA EDITORA http://blog.petit.com.br E FIQUEM POR DENTRO DAS NOVIDADES!
LER TODO O ARTIGO...

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

LANÇAMENTO: LUA VERMELHA!

Sinopse - Lua Vermelha - Benjamin Percy
Eles vivem entre nós. São os seus vizinhos, a sua mãe, o seu namorado. Eles mudam do dia para a noite. Como toda adolescente, Claire Forrester se acha meio deslocada. Quando agentes do governo invadem sua casa e matam seus pais, ela percebe o quanto é diferente. Claire pode se transformar em uma criatura semelhante a um lobo. Ela é uma licana. Patrick Gamble entra em um avião e, horas depois, desembarca como o único sobrevivente de um ataque terrorista promovido pelos licanos. Da noite para o dia, ele vira um herói nacional: o Menino-Milagre. O governador Chase Williams jura que, se for eleito presidente, protegerá o país da ameaça que aterroriza a população. Em meio ao acirramento dos conflitos entre humanos e licanos, seu discurso intensifica a discriminação. No entanto, ele vai se tornar exatamente aquilo que prometeu destruir. Cada um a seu modo, os três estão envolvidos em uma guerra que tem sido controlada com leis, violência e drogas. Mas uma rebelião está prestes a estourar, provocando mortes e destruição e entrelaçando seus destinos para sempre. Com a chegada da noite da lua vermelha, o mundo se tornará irreconhecível. A batalha pela sobrevivência da humanidade irá começar. 

Clique AQUI para ler um trecho,
E
Assista ao trailer CLICA AQUI!


Super Lançamento! E ai, gostaram? deixem seus comentários!
LER TODO O ARTIGO...

RESENHA: LIÇÕES DO DESEJO!

Sinopse - Lições do Desejo - Rothwell Brothers - Livro 02 - Madeline Hunter
Atraente, sutil e tentador, lorde Elliot Rothwell é um homem acostumado a fazer sucesso entre as mulheres e a conseguir tudo o que deseja delas. Mas isso não se aplica a Phaedra Blair. A brilhante e exótica editora não parece disposta a ceder a seu pedido e cancelar a publicação das memórias de um membro do Parlamento que podem manchar o nome da nobre família Rothwell. A pedido de seu irmão mais velho, o marquês de Easterbrook, Elliot vai a Nápoles para negociar com Phaedra. Historiador de renome e autor de livros respeitados, tudo indica que ele seja a pessoa ideal para a tarefa. Porém, em vez de encontrar a bela mulher descansando à beira do mar Tirreno, Elliot descobre que ela está presa por causa de uma acusação injusta. Graças ao prestígio da família, o nobre consegue libertá-la, mas também se torna responsável por ela até voltarem à Inglaterra. Percorrendo juntos uma das regiões mais belas e românticas da Europa, eles vão descobrir que discordam de quase tudo o que o outro pensa ou faz – exceto o que fazem juntos na cama. E, nessa aula de prazer, será cada vez mais difícil saber qual dos dois tem mais a ensinar.

Resenha:

Este é o segundo livro da série sobre os irmãos Rothwell.  
Phaedra Blair é uma mulher independente, criada a frente do seu tempo. Tanto que aos 16 anos foi morar sozinha, com o aval de sua mãe, Artemis Blair, que defendia o feminismo. Para ela as mulheres tinham os mesmo direitos que os homens, e claro, que poderiam ser totalmente independente e felizes.  Além da criação avançada para a época, Artemis por não acreditar em casamento e por suas crenças fez de Phaedra filha ilegítima de Richard Drury.um membro do parlamento. Phaedra viu em sua mãe um modelo a seguir...

Seu pai em seu leito de morte pede a ela para publicar suas memorias mas, não poderia mudar o que estava escrito de forma nenhuma.   Além de Phaedra ter o último desejo do seu pai em  mãos, acaba sendo a única herdeira da editora onde o sócio de seu pai, Merris Langton vem a falecer.  Ao ler as memorias, Phaedra percebe que o amor entre seus pais não era nada daquilo que pensava. Fica claro que poderia haver outro amante. Amante esse que deu a sua mãe uma joia. Um camafeu que retratava uma cena mitológica do deus Baco e seu séquito. Foi o objeto mais cara que sua mãe deixou ao morrer. Objeto esse que a levou a morte.

Para ir mais a fundo em tudo, Phaedra foi para Nápoles onde acaba por ser presa injustamente.
Elliot Rothwell aparece para salvar nossa mocinha. Caçula dos irmãos Rothwell, Elliot sabe desde pequeno a má fama de seu pai. Quando fica sabendo que as memorias de um cidadão poderia manchar o nome de sua família, sai a caça para tentar resolver o assunto. Aproveitando que precisava fazer uma pesquisa para seu novo livro, vai para Nápoles e segue Phaedra para convence-la a tirar pelo menos a parte referente ao seu pai.
Ao deparasse com Phaedra em uma situação delicada, usa do nome da família, para libera-la mas, fica responsável por ela até voltarem para a Inglaterra. 

Mas perigos espreitam Phaedra e para salvar sua própria vida ela acaba tendo que fazer o que nunca imaginou. Casar com Elliot! Mas como poderia casar com um homem que desaprovava sua aparência — ela só se vestia de preto — suas crenças, sua história, sua família. Enfim, ele desaprovava tudo! E além do mais, era tão contra o casamento quanto a  sua mãe!

Quer saber o desenrolar da história? Então não deixem de adquirir um exemplar do livro!

Para quem adora históricos, essa série é a pedida. Maravilhosos. Hilário! A história e uma delica. Em muitas partes me peguei rindo as gargalhadas. Parabéns a autora Madeline Hunter que sabe exatamente como nos prender do início ao fim.

O livro foi cedido pela nossa parceira Editora Arqueiro.
Não poderia deixar de falar da capa. Linda demais. Parabéns pelo capricho.


E ai, gostaram? Deixem seus comentários!
LER TODO O ARTIGO...

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Lançamentos Novo Conceito!

Sinopse - O Presente - Às vezes é preciso se entregar a alguém para perceber quem você realmente é. - Cecelia Ahern

Todos os dias, Lou Suffern luta contra o tempo. Ele tem sempre dois lugares para ir, tem sempre duas coisas a fazer. Quando dorme, sonha com os planos do dia seguinte, e, quando está em casa, com a esposa e os filhos, sua mente está, invariavelmente, em outro lugar. Numa manhã de inverno, Lou encontra Gabe, um morador de rua, sentado no chão, sob o frio e a neve, do lado de fora do imenso edifício onde Suffern trabalha. Os dois começam a conversar, e Lou fica muito intrigado com as informações que recebe de Gabe; informações de alguém que tem observado uniões improváveis entre os colegas de trabalho de Lou, como os encontros da moça de sapatos Loubotin com o rapaz de sapatos pretos... Ansioso por saber de tudo e por manter o controle sobre tudo, Lou entende que seria bom ter Gabe por perto — para ajudá-lo a desmascarar associações que se formam fora de suas vistas — e lhe oferece um emprego. Mas logo o executivo arrepende-se de ajudar Gabe: sua presença o perturba. O ex-mendigo parece estar em dois lugares ao mesmo tempo, e, além disso, Gabe lhe fala umas coisas muito incomuns, como se soubesse do que não deveria saber... Quando começa a entender quem é realmente Gabe, e o que ele faz em sua vida, o executivo percebe que passará pela mais dura das provações. Esta história é sobre uma pessoa que descobre quem é. Sobre uma pessoa cujo interior é revelado a todos que a estimam. E todos são revelados a ela. No momento certo.

Sinopse - Príncipe da Noite - Sete mulheres e meia - Germano Pereira


Toda manhã, o psicanalista Gabriel se surpreende ao acordar: sempre encontra uma mulher diferente dormindo ao seu lado. Ele nunca se lembra do seu nome, nem da maneira como a conheceu. A única coisa que resta de suas aventuras noturnas é um lapso de memória. Mas esta noite tudo se repetirá: quando cruzar com uma bela mulher, na noite seguinte, perderá o controle de quem é, porque o seu outro “eu” é capaz de tudo para satisfazer seus desejos mais primitivos. Mantendo esse segredo somente para si, Gabriel leva uma vida aparentemente normal na grande Londres, ouvindo diariamente os problemas de seus pacientes, enquanto tenta fugir das loucuras de sua ex-namorada. Mas nada é verdadeiramente normal para um homem que pode ser controlado pelo Príncipe da Noite...


Sinopse - Quero ser seu - De amigos a amantes, um desejo guardado por tantos anos não pode ser contido... - Bella AndreRyan Sullivan sempre gostou muito de Vicki, a quem conheceu na adolescência, quando ela lhe salvou a vida: no estacionamento da escola, um carro desgovernado só não o atropelou porque Vicki o empurrou para longe. Desde então, eles se tornaram melhores amigos — pelo menos, melhores amigos até onde um homem e uma mulher lindos e sedutores conseguem ser... O tempo passou, Vicki casou-se e se separou, e Ryan seguiu sua vida de solteiro. Até o dia em que Vicki pediu-lhe um favor: será que Ryan poderia fazer as vezes de seu namorado para afastá-la de um homem mal-intencionado e pegajoso? Ryan não negaria esse favor a sua amiga, de forma alguma... Não só pelo carinho que nutre por ela, mas também por uma característica de sua personalidade: Ryan faz o tipo protetor (o tipo de homem com que toda mulher sonha em algum momento da vida).


Sinopse - Dente Por Dente - Olho por Olho - Livro 02 - Jenny Han, Siobhan Vivian
Depois dos acontecimentos do homecoming, Reeve foi parar no hospital, com uma perna quebrada, e seu futuro como atleta está ameaçado. As meninas se sentem culpadas por toda a situação. Não esperavam que as consequências do plano fossem tão graves. Quase perderam o controle. Já que Reeve está mais arrogante do que nunca, o jeito será aplicar nele uma dose do seu próprio veneno e esperar que aprenda a lição. O acidente no baile deixou marcas profundas na consciência de Lillia, Kat e Mary. Sentimentos como amizade, lealdade e ódio se misturam, questionamentos sobre limites... Alguns segredos são mais difíceis de guardar. Aliás, o que são essas coisas estranhas que estão acontecendo com Mary? À medida que Lillia, Kat e Mary descobrem verdades incômodas sobre os moradores da ilha, percebem também que não se conheciam como pensavam. Cada vez mais elas lidarão com o sentimento de que talvez tenham ido longe demais...

Sinopse - Anjos À Mesa - Quando um anjo decidir entrar em sua vida, diga adeus aos sonhos impossíveis... - Debbie Macomber

Shirley, Goodness e Mercy sabem que o trabalho de um anjo é interminável — especialmente na véspera do Ano-novo. Ao lado de seu novo aprendiz, o anjo Will, elas se preparam para entrar em ação na festa de fim de ano da Times Square. Quando Will identifica dois solitários no meio da multidão, ele decide que a meia-noite será o momento perfeito para dar aquele empurrãozinho divino de que eles precisam para acabar com a solidão. Então, por “acidente”, Lucie Ferrara e Aren Fairchild esbarram-se no meio da alegria da festa, mas, assim como se aproximam, acabam se perdendo: um encontro marcado que não acontece os afasta pelo resto da vida. Ou será que não? Um ano depois, Lucie é a chef de um novo e aclamado restaurante, e Aren é um colunista de sucesso em um grande jornal de Nova York. Durante todo o ano que passou, os dois não se esqueceram daquela noite. Shirley, Goodness, Mercy e Will também não se esqueceram do casal... Para uni-los novamente, os anjos vão usar uma receita antiga e certeira: amor verdadeiro mais uma segunda chance (e uma boa dose de confusão), para criar um inesquecível milagre de Natal.


Sinopse - De Coração para Coração - Destinos que se cruzam - Lurlene McDaniel

Da autora best-seller Lurlene McDaniel, De coração para coração fala de perdas, amor e renovação. Fala também da maneira como esses sentimentos tão complexos se entrelaçam, nos momentos mais difíceis, nas relações familiares e de amizade. Elowyn e Kassey são grandes amigas, que dividem tudo. Mas uma coisa Elowyn não contou para Kassey: ao tirar a carteira de motorista, ela marcou a opção “doadora de órgãos”. Kassey descobre esse detalhe da vida da amiga da maneira mais trágica – quando o desejo de Elowyn está prestes a ser atendido. Arabeth nunca teve a sorte de ter uma melhor amiga. Com o coração doente, ela leva uma vida protegida de tudo e de todos. Até que, aos 16 anos, recebe o telefonema que tanto esperava — mas inicialmente ela e sua mãe não sabem a quem devem agradecer. Quando os mundos dessas três meninas e de suas famílias se cruzam, suas vidas se transformam de maneira nunca imaginada. Kassey, especialmente, encara os fatos como uma forma de manter viva a memória de sua querida amiga. Ela passa a compartilhar da nova vida de Arabeth, ao mesmo tempo em que ajuda a aliviar o sofrimento da família de Elowyn e a compreender a sua própria dor.

Sinopse - O Dom - Witch & Wizard - Livro 02 - James Patterson, Ned Rust

Os irmãos Allgood nunca desistem de lutar contra os poderes autoritários e desumanos d’O Único Que É O Único, mas, agora, eles estão sem Margô — a jovem e atrevida revolucionária; sem Célia — o grande amor de Whit; e sem seus pais — que provavelmente estão mortos... Então, em uma tentativa de esquecer suas tristes lembranças e, ao mesmo tempo, continuar seu trabalho revolucionário, os irmãos vão parar em um concerto de rock organizado pela Resistência onde os caminhos de Wisty e de um jovem roqueiro vão se cruzar. Afinal, Wisty poderá encontrar algo que lhe ofereça alguma alegria em meio a tanta aflição, quem sabe o seu verdadeiro amor... Mas, quando se trata destes irmãos, nada costuma ser muito simples e tudo pode sofrer uma reviravolta grave, do tipo que pode comprometer suas vidas. Enquanto passam por perdas e ganhos, O Único Que É O Único continua fazendo uso de todos os seus poderes, inclusive do poder do gelo e da neve, para conquistar o dom de Wisty... Ou para, finalmente, matá-la.

Sinopse - A Casa do Céu - Amanda Lindhout, Sara Corbett

Sinopse - A Casa do Céu - Amanda Lindhout, Sara Corbett
O relato dramático e libertador de uma mulher cuja curiosidade a levou até os lugares mais bonitos e remotos do mundo, seus países mais instáveis e perigosos, e também a passar quinze meses em um angustiante cativeiro — uma história de coragem, resiliência e beleza. “Este é um dos livros mais marcantes que eu já li. Angustiante, esperançoso, belo, libertador e verdadeiro, ele fala sobre desumanidade e humanidade, algo que, de algum modo, parece ser profundamente antigo e completamente moderno. É bonito, devastador e heroico — um grito de rebeldia, ao mesmo tempo em que é um humilde chamado à oração.” Elizabeth Gilbert, autora de Comer, Rezar e Amar e The Signature of All Things “A Casa do Céu é a história dramática, contada de maneira magistral, sobre a busca incessante de uma jovem para criar uma vida grandiosa, contra todas as expectativas. A jornada de Amanda Lindhout é única, uma aventura épica que vai do pitoresco ao contundente, onde o que está em jogo é absolutamente tudo. Com uma clareza e uma honestidade incríveis, Lindhout e Corbett confirmam duas coisas: ninguém será capaz de esquecer este livro — ou de fechá-lo antes de chegar ao fim.” Susan Casey, autora de A Onda “Um livro maravilhoso e marcante, que mostra o terrorismo internacional num nível extremamente pessoal. A perseverança de Lindhout se faz brilhar em cada página.” Jane Mayer, autora de The Dark Side “Neste livro lírico e inspirador, Amanda Lindhout descreve a capacidade do ser humano para cometer crueldades. Mesmo assim, ela também traz à vida a compaixão profunda e a coragem que residem em todos nós. Uma história de beleza, inteligência e tenacidade, A Casa do Céu nos mostra o poder e a importância da perseverança, esperança e perdão.” David Rhode, colunista da Reuters e vencedor do prêmio Pulitzer, autor de A Rope and a Prayer e Beyond War “Um relato vívido e emocionante sobre como Amanda manteve viva a luz interior e o espírito do perdão, mesmo quando se encontrava no coração das trevas.” Eckhart Tolle, autor de O Poder do Agora e Um Novo Mundo: o despertar de uma nova consciência “A Casa do Céu é uma história impressionante de força e sobrevivência. Às vezes é brutal, mas é sempre bela, conforme Amanda Lindhout descobre que, na luta pela própria vida, suas armas mais poderosas são a esperança e a compaixão.” Jeannette Walls, autora de O Castelo de Vidro e The Silver Star 



Sinopse - A Conspiração - Dirk Pitt - Livro 21 - Clive Cussler

Uma embarcação romana naufraga no século IV. Durante a Primeira Guerra Mundial, um navio inglês é destruído por uma bomba. Atualmente, no Oriente Médio, ícones da fé islâmica são bombardeados. E um misterioso pergaminho relacionado à vida particular de Jesus pode limitar o poder da Igreja Católica. Como eventos e fatos tão distantes podem ter alguma relação? O engenheiro naval Dirk Pitt (Diretor da NUMA – Agência Nacional Marítima e Subaquática) está acostumado a explorações subaquáticas — e a revelar mistérios indecifráveis — e parece ser a pessoa mais indicada para trazer a público o elo entre esses episódios tão incompatíveis. Mas a que custo? Uma aventura que mistura ¬ ficção e realidade em uma criação cheia de surpresas e mistério. Acompanhe o incansável herói Dirk Pitt em uma história em que arrepiantes artefatos religiosos, a CIA e o Mossad misturam-se às mais magní¬ficas construções da arquitetura medieval.

E ai, gostaram? deixem seus comentários!
LER TODO O ARTIGO...

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Resenha:O mistério do Reencontro


             Sinopse - O Mistério do Reencontro - Floriano Serra

Sueli e Flávio formam um casal dos tempos modernos, são independentes e, como a maioria dos jovens, desejam uma vida repleta de sonhos e realizações. Quando Sueli é contratada para reformar um casarão antigo e abandonado, situações inusitadas começam a surgir. O relacionamento de Sueli e Flávio ficará abalado e seu amor será colocado à prova; eles terão de buscar auxílio nas forças espirituais e harmonizar-se com o passado para que a verdade, a alegria e o amor prevaleçam em suas vidas.

Resenha:
Flávio é um psicólogo infantil bem reconhecido na área. Sueli, sua esposa é arquiteta. O casal veem tentando ter um filho há anos.  O estrese do dia a dia mais a frustração de não conseguirem o que mais desejam, acabam por afastar o casal. Flavio, pensava que já não havia amor por parte de sua esposa. E Sueli pensava o mesmo dele. Em uma certa noite, Flavio recebe a visita de Rosália, um espirito desencarnado, que quer ajuda-los a superarem a crise. Ele não percebe quem ela é no primeiro momento, ao dar conta que estava falando e vendo um espirito, recusa-se a dar ouvidos com medo de estar tendo uma violenta alucinação.

O que ele não imaginava era que tudo estava diretamente ligado a sua esposa.
Otávio hoje era um grande advogado, mas foi um órfão e viveu grande parte da sua infância em um velho casarão em companhia de várias crianças na mesma situação. Após sonhos sugestivos — A placa e telefone de uma arquiteta aparecia nitidamente para ele — Otávio resolve seguir essa orientação e contrata Sueli como arquiteta responsável, para fazer a reforma deste casarão.

Rosália insistentemente aparecia para Flavio, ele com medo de estar pirando entra em contato com uma tia que era espirita, porém, que há muito não via. Aos poucos com sua ajuda ele vai finalmente aceitando e ouvindo o que Rosália tinha a dizer. Tudo acaba levando Flávio também até o casarão onde as energias malignas pairavam em um determinado quarto contaminando quem entrasse nele.

A história ainda há Severino que desde a infância de Otávio cuidava do casarão. Porem nesta época por ganancia o filho do dono do imóvel, transformou o abrigo infantil em um bordel. Muita água rola sob a ponte antes dos finalmente.

Mas, posso adiantar que há muito mistério, assassinatos, vizinhos revoltados com o bordel pela quebra de paz nas madrugadas.
Como sempre o livro espirita sempre nos faz pensar e crescer como pessoa e principalmente espiritualmente.

Leitura mais que recomendada. O livro tem uma capa belíssima e foi gentilmente  foi cedido editora Vida e Consciência!

E ai gostaram? Deixem seus comentários!


LER TODO O ARTIGO...

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Novidade: Paixão sem Limite!




CAPÍTULO 1

O que eu costumava ver estacionado em frente a uma casa onde estivesse
ocorrendo uma festa eram caminhonetes com lama nos pneus,
não automóveis caros e importados. Pelo menos vinte deles ocupavam o
comprido acesso de carros daquela casa. Parei a picape Ford de quinze
anos da minha mãe em cima da grama para não atrapalhar a saída de ninguém.
Meu pai não tinha me dito que daria uma festa esta noite. Na verdade,
não tinha me dito quase nada.
Ele tampouco havia aparecido para o funeral da minha mãe. Se eu não
precisasse de um lugar para morar, não estaria ali. Tive que vender a casinha
que a minha avó nos deixara para pagar as últimas despesas médicas
da minha mãe. Tudo que me restava eram as minhas roupas e a picape.
Ligar para o meu pai depois de ele não aparecer nem uma vez sequer durante
os três anos da batalha da minha mãe contra o câncer foi complicado.
Complicado, mas necessário: ele era o único parente que me restava.
Olhei para a imensa casa de três andares situada bem em cima da areia
branca da praia de Rosemary, na Flórida. Aquela era a nova casa do meu
pai. Sua nova família. Eu não iria me encaixar ali.
De repente, alguém abriu com um tranco a porta da minha picape. Por
instinto, levei a mão até debaixo do assento e peguei a minha nove milímetros.
Levantei-a e apontei em cheio para o intruso, segurando-a com as
duas mãos e pronta para puxar o gatilho.
– Caraca... eu ia dizer que você estava perdida, mas agora digo o que
você quiser. Só guarda esse troço, por favor.
Do outro lado da minha pistola estava um sujeito de cabelos castanhos
desgrenhados presos atrás das orelhas, com as duas mãos para cima e os
olhos arregalados.
Levantei uma das sobrancelhas e mantive a pistola firme. Ainda não sabia
quem era aquele cara. Puxar a porta da picape de alguém com um tranco
não era um jeito normal de cumprimentar um desconhecido.
– Não, acho que não estou perdida. Aqui não é a casa de Abraham Wynn?
8
O sujeito engoliu em seco, nervoso.
– Hã... com esse troço apontado para a minha cara eu não consigo pensar
direito. Você está me deixando bem nervoso, meu bem. Poderia baixar
a pistola antes que aconteça um acidente?
Acidente? Sério? O cara estava começando a me irritar.
– Eu não conheço você. Está escuro aí fora e eu estou sozinha em um
lugar desconhecido. Então me desculpe se eu não me sentir muito segura
neste momento. Pode confiar em mim: não vai acontecer acidente nenhum.
Eu sei manejar uma pistola muito bem.
O cara não pareceu acreditar em mim e, agora que eu estava olhando
melhor, não me parecia realmente ameaçador. Mesmo assim, eu ainda não
estava pronta para baixar a arma.
– Abraham? – repetiu ele devagar. Começou a balançar a cabeça, então
parou. – Peraí, o padrasto novo do Rush se chama Abe. Eu o conheci antes
dele e Georgianna viajarem para Paris.
Paris? Rush? Como assim? Esperei mais explicações, mas o cara continuou
a encarar a pistola, prendendo a respiração. Com os olhos fixos nele,
baixei a arma e me certifiquei de acionar a trava de segurança antes de
guardá-la debaixo do banco do motorista. Talvez sem a pistola ele conseguisse
se concentrar e me explicar.
– Você tem porte de arma para esse troço? – perguntou ele, sem acreditar.
Eu não estava com disposição para conversar sobre o meu direito de
portar armas. Precisava de respostas.
– Abraham está em Paris? – perguntei, querendo uma confirmação.
Ele sabia que eu chegaria hoje. Tínhamos nos falado na semana anterior,
depois que vendi a casa.
O sujeito fez que sim devagar e relaxou a postura.
– Você o conhece – perguntou?
Na verdade, não. Desde que ele tinha abandonado a minha mãe e eu
havia cinco anos, eu só o vira umas duas vezes. Eu me lembrava do pai que
assistia às minhas partidas de futebol e fazia hambúrgueres na churrasqueira
do quintal para as festas dos vizinhos do bairro. O pai que eu tivera até o
dia em que a minha irmã gêmea, Valerie, morreu em um acidente de carro...
quando ele estava dirigindo. Nesse dia, ele mudou e se tornou o homem que
não me ligava para saber se eu estava bem enquanto cuidava da minha mãe
doente. Esse homem eu não conhecia. Nem um pouco.
9
– Sou a filha dele. Blaire.
O cara arregalou os olhos, jogou a cabeça para trás e riu. Qual era a graça?
Estava esperando que explicasse quando ele estendeu a mão.
– Venha cá, Blaire. Quero apresentar você a uma pessoa. Ele vai amar
saber disso.
Encarei a mão dele e estendi o braço para pegar a minha bolsa.
– Tem outra arma aí nessa bolsa? Devo avisar a todo mundo para não
te irritar?
O tom provocador da voz dele me impediu de dizer alguma grosseria.
– Você abriu a minha porta sem bater. Fiquei com medo.
– E a sua reação instantânea quando sente medo é apontar uma arma?
Caramba, menina, de onde você é? A maioria das garotas que eu conheço
daria um gritinho ou alguma coisa assim.
A maioria das meninas que ele conhecia não fora forçada a se proteger
nos últimos três anos. Precisei cuidar da minha mãe, mas não tinha ninguém
para cuidar de mim.
– Eu sou do Alabama – respondi, ignorando a mão dele e saltando sozinha
da picape.
A brisa do mar bateu no meu rosto e o cheiro salgado da praia era inconfundível.
Eu nunca tinha visto uma praia. Pelo menos não ao vivo. Apenas
em fotos e filmes, mas o cheiro era exatamente o que eu imaginava que seria.
– Quer dizer então que é verdade o que dizem sobre as meninas de Bama
– retrucou ele e isso me chamou a atenção.
– Como assim?
Ele desceu os olhos pelo meu corpo e tornou a subir até o meu rosto.
Abriu um sorriso.
– Jeans justo, camiseta sem manga e uma pistola. Caramba, acho que
errei de estado.
Revirei os olhos e abri a traseira da picape. Tinha uma mala e várias caixas
que precisava levar para a Legião da Boa Vontade.
– Deixe eu te ajudar.
Ele deu a volta e estendeu as mãos para dentro da caçamba da picape
para pegar a mala que a minha mãe mantivera guardada no armário para
a “viagem de carro” que nunca chegamos a fazer. Ela vivia dizendo que
um dia iríamos atravessar o país e subir a costa oeste. Isso foi antes de ela
ficar doente.
10
Espantei essas lembranças e me concentrei no presente.
– Obrigada, hã... acho que não sei o seu nome.
O cara puxou a mala e se virou de volta para mim.
– Como assim? Esqueceu de perguntar quando estava com a arma apontada
para a minha cara?
Dei um suspiro. Bem, talvez eu tenha exagerado um pouco com a pistola,
mas ele me assustara.
– Meu nome é Grant. Eu sou... hã... amigo do Rush.
– Rush? – O mesmo nome outra vez. – Quem é Rush?
O sorriso de Grant tornou a se abrir.
– Você não sabe quem é Rush? – Ele estava achando muita graça. – Porra,
que bom que eu vim aqui hoje. – Ele virou a cabeça em direção à casa.
– Vamos. Vou apresentar você.
Fui andando ao seu lado enquanto ele me conduzia até a casa. Quando
nos aproximamos, a música lá dentro ficou mais alta. Se o meu pai não
estava lá, quem estaria? Georgianna era a mulher dele, mas isso era tudo o
que eu sabia. Será que aquela festa era dos filhos dela? Quantos anos eles
tinham? Georgianna tinha filhos, não tinha? Eu não me lembrava. Meu
pai fora muito vago ao falar dela. Dissera que eu iria gostar da minha nova
família, mas não mencionou quem era essa família exatamente.
– Esse Rush mora aqui? – perguntei.
– Mora. Bem, pelo menos no verão. Ele se muda para as suas outras casas
conforme a estação.
– Outras casas?
Grant deu uma risada.
– Você não sabe nada sobre a família para a qual o seu pai entrou, né,
Blaire?
Mal sabia ele. Fiz que não com a cabeça.
– Então, rápida miniaula antes de entrarmos na loucura – disse ele, parando
no alto da escada que conduzia à porta da frente e olhando para
mim. – Rush Finlay é o seu irmão postiço. É filho único do famoso baterista
do Slacker Demon, Dean Finlay. Os pais dele nunca se casaram. A mãe,
Georgianna, era groupie quando jovem. Essa casa é dele. A mãe mora aqui
porque ele deixa. – Ele parou e olhou para a porta bem na hora em que ela
se abriu. – E toda essa gente aqui é amiga dele.

Editora Arqueiro.

E ai, gostaram deixem seus comentários!

LER TODO O ARTIGO...

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Casamento do Ano!



p r ó l o g o

Aos 8 anos, Mackensie Elliot já havia se casado catorze vezes. Casou-
-se mais de uma vez com cada uma das suas três melhores amigas – fazendo
papel ora da noiva, ora do noivo –, com o irmão de uma delas (sob
protestos do garoto), com dois cachorros, três gatos e um coelho.
Em outros tantos matrimônios, foi dama de honra, madrinha, padrinho
e até celebrante.

Nenhum desses casamentos durou mais que uma tarde, mas as separações
foram sempre amigáveis. O caráter transitório do casamento não chegava
a ser uma surpresa para Mac, uma vez que seus pais já tinham passado
por isso duas vezes cada um – até agora.

O Casamento não era a sua brincadeira predileta, mas adorava fazer o
papel de padre, pastor ou juiz de paz, ou até mesmo de rabino, depois que
foi ao bar mitzvah do sobrinho da segunda mulher de seu pai.
Além do mais, gostava dos cupcakes, dos biscoitinhos decorados e da
limonada que sempre eram servidos nas recepções.

Essa era a brincadeira favorita de Parker. O Casamento sempre acontecia
na propriedade dos Browns, em meio àqueles enormes jardins, os belos
bosques e o laguinho prateado. Nos invernos gelados de Connecticut, o
casamento por vezes se dava em frente a uma das lareiras crepitantes da
mansão.

As cerimônias podiam ser simples ou bem elaboradas – casamentos
reais, noivos que tinham fugido para casar, com tema circense ou de navio
pirata. Todas as ideias eram avaliadas a sério e votadas, e nenhum tema ou
traje era considerado exagerado.

Ainda assim, com catorze casamentos no currículo, Mac já estava ficando
meio cansada dessa brincadeira.
Até um certo momento decisivo.

Quando ela fez 8 anos, seu pai encantador e quase sempre ausente enviou-
lhe de presente uma câmera Nikon. Mac nunca manifestara qualquer
interesse por fotografia, então, no início, deixou a câmera de lado, junto
com outros presentes esquisitos que o pai lhe dera ou enviara desde o 
divórcio. 

Mas a mãe de Mac comentou sobre o presente com a mãe dela, e
a avó resmungou, censurando aquele “irresponsável e inútil do Geoffrey
Elliot” e sua falta de bom senso ao dar uma câmera de adulto para uma
menininha que com certeza ia gostar mais de ganhar uma Barbie.

Como, por princípio, sempre discordava da avó, Mac acabou se interessando
pela câmera. Só para irritá-la – a avó tinha ido visitá-las naquele
verão, em vez de ficar no lar para idosos em Scottsdale, que, na cabeça de
Mac, era o seu lugar –, a menina começou a levar a Nikon para onde quer
que fosse. Brincava com ela, fazia experimentos.

Tirou fotos do quarto, dos próprios pés, das amigas. As imagens ficavam desfocadas e escuras, sem
definição e descoloridas. Como não teve muito sucesso e pelo iminente divórcio
da mãe e do padrasto, Mac acabou perdendo um pouco do interesse
pela Nikon. Dessa forma, mesmo muitos anos mais tarde não sabia dizer o
motivo de ter levado a câmera para a casa de Parker naquela bela tarde de
verão em que brincaram de Casamento.

Todos os detalhes de um tradicional casamento no jardim tinham sido
planejados. Emmaline, a noiva, e Laurel, que seria o noivo, trocariam seus
votos sob o caramanchão coberto de rosas. Emma usaria o véu e a cauda de
renda feitos pela mãe de Parker com uma toalha de mesa antiga, e Harold,
o velho e amável golden retriever de Parker, levaria a noiva ao altar.

Um monte de Barbies, Kens e outros bonecos, além de muitos bichinhos
de pelúcia, foram dispostos pelo caminho para se passarem por convidados.
– É uma cerimônia íntima – comunicou Parker um pouco atrapalhada
com o véu de Emma. – Seguida de uma pequena recepção ali no pátio. Mas
onde se meteu o padrinho?

Laurel, que tinha acabado de esfolar o joelho, apareceu por trás de três
arbustos de hortênsias.
– Ele fugiu e subiu numa árvore atrás de um esquilo. Não consegui fazê-
-lo descer.
Parker revirou os olhos.
– Vou buscá-lo. Você não pode ver a noiva antes do casamento. Dá azar.
Mac, ajude Emma a pôr o véu e leve o buquê para ela. Laurel e eu vamos
tirar o Sr. Peixe da árvore.
– Eu preferia ir nadar – disse Mac, puxando distraída o véu de Emma.
– Podemos ir depois que eu me casar.
– É, podemos. Você não está cansada de se casar?
9
– Ah, não me importo. E tem um cheirinho tão bom aqui. Está tudo
muito bonito.
Mac entregou a Emma o buquê de dentes-de-leão amarelos que tiveram
permissão para arrancar.
– Você está linda.

Era a mais pura verdade. O cabelo escuro e brilhoso de Emma contrastava
com a renda branca. Seus olhos, de um castanho profundo, reluziam,
enquanto ela cheirava o ramo de dentes-de-leão. Estava bronzeada, com
a pele dourada, pensou Mac, meio infeliz com seu próprio tom branco-
-leitoso.

Era a maldição dos ruivos, dizia a mãe, pois ela herdara do pai aquele
cabelo cor de cenoura. Mac era alta para os seus 8 anos e magra como um
palito, e ainda por cima usava aparelho nos dentes.

Achava que, do seu lado, Emmaline parecia uma princesa cigana.
Parker e Laurel voltaram, dando umas risadinhas, com o padrinho felino
nos braços da dona.

– Todos em seus lugares. – Parker passou o gato para Laurel. – Mac,
você precisa ir se vestir. Emma...
– Não quero ser dama de honra. – Mac olhava para o vestido rodado de
Cinderela, dobrado no banco do jardim. – Esse negócio é quente e pinica.
Por que o Sr. Peixe não pode ser a dama de honra e eu, o padrinho?

– Porque já tínhamos combinado. Todos ficam nervosos antes de um
casamento. – Parker jogou para trás suas longas marias-chiquinhas castanhas
e se pôs a examinar o vestido, procurando algum pedaço rasgado
ou manchado. Com ar satisfeito, entregou-o a Mac. – Está tudo bem. Vai
ser uma linda cerimônia, repleta de amor verdadeiro, e eles viverão felizes
para sempre.
– Minha mãe diz que essa história de felizes para sempre é conversa
fiada.

Houve um momento de silêncio após a afirmação de Mac. A palavra
divórcio, embora não dita, pairou no ar.

– Não necessariamente. – Com os olhos cheios de compaixão, Parker se
aproximou e fez um carinho no braço de Mac.
– Não quero pôr esse vestido. Não quero ser dama de honra. Eu...
– Ok. Tudo bem. Podemos fingir que temos uma dama de honra e talvez
você possa tirar fotos.

Mac olhou para a câmera que nem se lembrava de ter pendurado no
pescoço.
– Elas nunca ficam boas.
– Talvez fiquem desta vez. Vai ser divertido. Você pode ser a fotógrafa
oficial do casamento.

– Tire uma foto minha com o Sr. Peixe – pediu Laurel, encostando a
carinha do gato na dela. – Tire, Mac!
Sem o menor entusiasmo, Mac ergueu a câmera e apertou o botão.

– Devíamos ter pensado nisso antes! Você pode tirar fotos oficiais da
noiva e do noivo e outras tantas durante a cerimônia. – Entretida com essa
nova ideia, Parker pendurou a roupa de Cinderela no arbusto de hortênsias.
– Vai ser legal, vai ser bem divertido. Você vai ter que entrar com a
noiva e o Harold. Tente fazer umas fotos boas. Vou esperar e só depois ligo
o som. Vamos lá!

Haveria cupcakes e limonada, Mac lembrava a si mesma. E depois iriam
nadar e se divertir. Não importava que essa história de fotografia fosse uma
bobagem nem que a avó estivesse certa e ela fosse nova demais para ter
uma câmera.

Não importava que a mãe estivesse se divorciando de novo ou que o
padrasto, um sujeito legal, já tivesse saído de casa.
E não importava que ser feliz para sempre fosse conversa fiada, porque,
afinal, era tudo fingimento mesmo.

Mac tentou tirar fotos de Emma e do prestativo Harold, imaginando
que, quando fosse buscar as revelações, veria aquelas imagens desfocadas e
com manchas do seu polegar, como sempre acontecia.

Quando a música começou a tocar, sentiu-se mal por não ter se enfiado
naquele vestido que pinicava para ser a dama de honra de Emma, só porque
sua mãe e sua avó a tinham deixado de mau humor. Então, se esforçou
o máximo que pôde para tirar uma bela foto de Harold caminhando com
Emma pelo jardim.

Através das lentes tudo era diferente, pensou: o modo como podia focar
o rosto de Emma, o jeito como o véu se moldava ao cabelo dela e a beleza
dos raios de sol brilhando na renda.
Mac tirou mais fotos quando Parker pôs “Dearly Beloved” para tocar, no
momento em que, diante do reverendo Whistledown, Emma e Laurel se deram
as mãos e Harold se aninhou para dormir e roncar aos pés das meninas.

Ela percebeu como o cabelo de Laurel era sedoso, como o sol refletia
nas pontas da cartola preta que ela usava para compor seu papel de noivo
e também como os bigodes do Sr. Peixe mexiam sempre que ele bocejava.

Tudo isso estava diante de Mac, mas algo também aconteceu dentro
dela. Suas três amigas estavam reunidas debaixo do caramanchão coberto
de rosas brancas, formando um trio de meninas bonitas. Um instinto qualquer
fez Mac mudar de lugar só um pouquinho, inclinando ligeiramente a
câmera. Ela não sabia que aquilo era uma composição, só achou que, pelas
lentes, ficava mais bonito assim.

Então, uma borboleta azul cruzou seu campo de visão e foi pousar no
ramalhete de flores amarelas que Emma segurava. Ao mesmo tempo, os
três rostos debaixo das rosas brancas revelaram uma expressão de surpresa
e prazer.
Mac apertou o botão.

Dessa vez tinha certeza de que a imagem não ia ficar desfocada, escura,
sem definição ou descolorida. Seu polegar não taparia a lente. Sabia
exatamente como a foto ia ficar, sabia que a avó, no fim das contas, estava
errada.

Ser feliz para sempre talvez fosse conversa fiada, mas ela sabia que queria
tirar mais fotos de momentos que fossem felizes. Porque, assim, eles permaneceriam
para sempre.

O livro promete! Ansiosa para ler e vocês?

E ai, gostaram? Deixem seus comentários!
LER TODO O ARTIGO...

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
2009 Template Bucólico|Templates e Acessórios