Quem sou eu

Quem sou eu
Em primeiro lugar uma pessoa grata a Deus por cada dia a mais que Ele me dá neste mundo de loucos ( sou uma deles )Depois mulher e mãe. Sempre fui apaixonada por livros e os meus são só a extensão desta paixão. Se escrevo bem, se consigo emocionar, vocês que vão dizer.

Primeiro Capítulo

Por dentro das Notícias

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

SQF: Entre os melhores!

Google+ Followers

Seguidores

Marcadores

#CircuitoNovoConceito (5) Adote um autor nacional (1) Aniversario (1) Bem-vinda ao blog (2) Bem-vindos ao blog (1) Beta Reader (1) bookaholic (1) Caixinha de Correio. (3) Capa (1) Capas (1) Colaborador (2) Comunicado (1) DECLARAÇÃO (1) Dia dos namorados (1) Divulgação (48) e Sextante (1) Editora Arqueiro (42) Editora Arqueiro Sextante (1) Editora Arqueiro Sextante Saída de Emergência. (1) Editora Baraúna (5) Editora Belas Letras (6) Editora BUTTERFLY (5) Editora Dimensão (2) Editora Dracaena (24) Editora ebookar (1) Editora Harlequin (18) Editora iD (2) Editora Intrínseca (2) Editora Kalunga (1) Editora Leya (2) Editora Novo Conceito (47) Editora Novo Século (18) Editora Petit (19) Editora Saída De Emergência. (3) Editora sextante (6) Editora Suma das Letras (2) Editora Universo dos livros (15) Editora Verus (1) Editora Vida Consciência (47) Editoras (12) Editoras Novo Conceito. (20) Editoras Novo Século (6) Entrevistas (3) Eu leio Brasil (1) Eu Leio seu Livro (1) Feliz Natal (1) Folclore (1) Grupo Record (2) Homenagem (9) Memes e Selinhos (9) Meu livro (9) Natal (2) Parceria (5) Páscoa (2) Poemas Machado de Assis (1) Pratique essa Ideia. (1) Promoção (42) Promocao 3 em 1 (4) Promoção de Aniversario. (3) Promoção de Aniversario.III (1) Promocão Foi assim que te amei (1) Promocões (5) Resenha Pedro Bandeira (1) Resenhas (74) Resultado de Promos (45) Séries on line (1) Sesc Pinheiros (2) Só para mulheres (1) Top comentarista (2) Top cometarista (11) TPM (1) Um sonho a mais (3) Verus Editora (1)

Blogs Parceiros

Estou lendo

Já li!

Visitas Recentes

Visualizações

Pesquisar este blog

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Resenha: Cruzando o caminho do Sol!


Sinopse - Cruzando o Caminho do Sol - Corban Addison

Sita e Ahalya são duas adolescentes de classe média alta que vivem tranquilamente junto de seus familiares, na Índia. Suas vidas tranquilas mudam completamente quando um tsunami destrói a costa leste de seu país, levando com suas ondas a vida dos pais e da avó das meninas. Sozinhas, elas tentam encontrar um modo de recomeçar a vida. Mas elas não devem confiar em qualquer um... Enquanto isso, do outro lado do mundo, em Washington, D. C., o advogado Thomas Clarke enfrenta uma crise em sua vida pessoal e profissional e decide mudar radicalmente: viaja à Índia para trabalhar em uma ONG que denuncia o tráfico de pessoas e tenta reatar com sua esposa, que o abandonou. Suas vidas se cruzarão em um cenário exótico, envolto por uma terrível rede internacional de criminosos. Abrangendo três continentes e duas culturas, Cruzando o Caminho do Sol nos leva a uma inesquecível jornada pelo submundo da escravidão moderna e para dentro dos cantos mais escuros e fortes do coração humano.

Resenha:

Comecei a ler este livro não esperando muito, já tinha lido resenhas sobre ele, mas decidi não colocar muita expectativa para não correr o risco de me decepcionar, o que não aconteceu. A história acaba nos levando ao conflitos de sentimentos entre aflição, pena, revolta e a incerteza de um final feliz, apesar de ser apenas um livro sabemos que isso também existe na vida real, revoltante.

Conhecemos a história de Ahalia que tem 17 anos e Sita que tem 15. Elas tinham uma vida normal como qualquer garota indiana, com sonhos de um futuro casamento etc, mas tudo muda com o tsunami e a sua família foi atingida e elas se viram órfãs.  Ahalia por ser mais velha se viu responsável pela Irma, e que precisaria ser forte para lidar com a vida que viria após a tragédia.

Do outro lado do mundo conhecemos Thomas um advogado que queria seguir a carreira do pai, trabalhando em processo para uma grande empresa, após perder a primeira causa ele se vê obrigado a deixar o caso, então começa a pensar em sua vida sobre o que realmente quer.
Thomas é casado com Prya uma indiana, casamento que se realizou sem o consentimento do pai dela, e após uma grande perda ela decide voltar para Índia.  Thomas fica para trás, sem ter certeza mais sobre seu casamento ou seus sentimentos, ele decidi ir  para Índia trabalhar em uma ONG que trata o trafego de pessoas.

Ahalya e Sita acabam confiando em um homem que foi a uma festa em sua casa, foi então que ambas achando que tudo de ruim poderia ter acontecido, descobrem que pode pioram e muito, elas foram vendidas para um cafetão em Mumbai, elas são mantidas presas e com a certeza de que suas vidas haviam acabados, mas então Sita é levada pelo cafetão e não retorna mais. O que será que aconteceu a Sita? e Ahalya o que será feito com ela? Será que é possível ter esperança após tantas tragédia em suas vidas.

Thomas começa a conhecer o submundo do tráfego de pessoas e descobre um mundo que não imaginava existir, além desta luta, ainda tem sua luta pessoal para reconquistar a confiança de sua mulher.

Eu gostei bastante da história mas confesso em um determinado momento eu fiquei com muita raiva, sabe aquele tipo de coisa, quando você acha que agora vai, o que é menos provável acontece rs, mas também me envolvi tanto que quase me vi no livro.
Uma frase me chamou muita atenção, e vou colocar aqui, desculpem o spoiler mas vou ter que colocar

“A guerra pode ser vencida, mas não colocando os traficantes atrás das grades”. O trafego vai acabar quando os homens deixarem de comprar mulheres. Até lá, o melhor que podemos fazer é vencer uma batalha de cada vez.”

O livro fala principalmente do trafego humano e a exploração sexual, principalmente a infantil, ficamos bestificadas com as informações obtidas por mais ficção que seja, sabemos que acontece na realidade, mas a esperança de dias melhores não pode deixar de existir, afinal ela é o que nos move.

O livro tem 447 paginas mas a leitura e fluente, as paginas são amarelinhas e as letras são grandes.
Enfim acho que contei demais, recomendo a leitura, e espero eu tenham gostado.

Resenha feita pela Iara!

E ai, gostaram? Deixem seus comentários!

2 comentários:

Douglas Dias Brandão disse...

Li este livro assim que foi lançado. Resenhei ele até e posso dizer que amei a história. Ela tem um estilo meio O Caçador de Pipas, e achei a narrativa um pouco parecida com a do Khaled Rossein. O tráfico humano é realmente um assunto polêmico. Na novela Salve Jorge, parece que to revivendo tudo que li em Cruzando o Caminho do Sol e Belle. Dois livros ótimos e que me deixaram bastante angustiados!
Adorei a resenha!

Leandro de Lira disse...

Oi!
Adorei esse livro. Muito bom mesmo. Uma das melhores surpresas literárias para mim do ano. A leitura fluiu comigo também e eu me apeguei bastante às personagens. Enfim, uma leitura indispensável.
Parabéns pela resenha!
Abraço!

"Palavras ao Vento..."
www.leandro-de-lira.com

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
2009 Template Bucólico|Templates e Acessórios