Quem sou eu

Quem sou eu
Em primeiro lugar uma pessoa grata a Deus por cada dia a mais que Ele me dá neste mundo de loucos ( sou uma deles )Depois mulher e mãe. Sempre fui apaixonada por livros e os meus são só a extensão desta paixão. Se escrevo bem, se consigo emocionar, vocês que vão dizer.

Primeiro Capítulo

Por dentro das Notícias

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

SQF: Entre os melhores!

Google+ Followers

Seguidores

Marcadores

#CircuitoNovoConceito (5) Adote um autor nacional (1) Aniversario (1) Bem-vinda ao blog (2) Bem-vindos ao blog (1) Beta Reader (1) bookaholic (1) Caixinha de Correio. (3) Capa (1) Capas (1) Colaborador (2) Comunicado (1) DECLARAÇÃO (1) Dia dos namorados (1) Divulgação (48) e Sextante (1) Editora Arqueiro (42) Editora Arqueiro Sextante (1) Editora Arqueiro Sextante Saída de Emergência. (1) Editora Baraúna (5) Editora Belas Letras (6) Editora BUTTERFLY (5) Editora Dimensão (2) Editora Dracaena (24) Editora ebookar (1) Editora Harlequin (18) Editora iD (2) Editora Intrínseca (2) Editora Kalunga (1) Editora Leya (2) Editora Novo Conceito (47) Editora Novo Século (18) Editora Petit (19) Editora Saída De Emergência. (3) Editora sextante (6) Editora Suma das Letras (2) Editora Universo dos livros (15) Editora Verus (1) Editora Vida Consciência (47) Editoras (12) Editoras Novo Conceito. (20) Editoras Novo Século (6) Entrevistas (3) Eu leio Brasil (1) Eu Leio seu Livro (1) Feliz Natal (1) Folclore (1) Grupo Record (2) Homenagem (9) Memes e Selinhos (9) Meu livro (9) Natal (2) Parceria (5) Páscoa (2) Poemas Machado de Assis (1) Pratique essa Ideia. (1) Promoção (42) Promocao 3 em 1 (4) Promoção de Aniversario. (3) Promoção de Aniversario.III (1) Promocão Foi assim que te amei (1) Promocões (5) Resenha Pedro Bandeira (1) Resenhas (74) Resultado de Promos (45) Séries on line (1) Sesc Pinheiros (2) Só para mulheres (1) Top comentarista (2) Top cometarista (11) TPM (1) Um sonho a mais (3) Verus Editora (1)

Blogs Parceiros

Estou lendo

Já li!

Visitas Recentes

Visualizações

Pesquisar este blog

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

O Problema de ser um Resenhista


Queria ter escrito este post já a algum tempo, mas eu não conseguia simplesmente começar ele sem analisar certos pontos que acabaram concretizando a sua criação. Desde que me tornei resenhista em meados de Março em um outro blog, passei a entender a vida de um resenhista. Nos dedicamos com afinco ler os livros que recebemos, adoramos fazermos isso e sabemos o quanto isto é prazeroso. Contudo, às pessoas não sabem o que há por trás dos bastidores, e esse mar de rosas que todo mundo pensa que é, não é. Vejamos.

Nos dedicamos muito do nosso tempo, mesmo sabendo que temos de fazer tal coisa importante e decisiva na nossa vida, como por exemplo estudar para uma prova de determinada disciplina que você vem se dando mal, e mesmo assim, sempre damos uma jeitinho brasileiro de estudar pra prova, mas pensando em deixar mais tempo para a leitura do livro do momento.  

Às vezes nosso tempo é tão curto e atribulado, que entramos noite adentro lendo o livro, e quando percebemos já passa das duas da madrugada e você ali, lendo o livro que tanto gosta, mas com a preocupação de dar uma opinião sincera e convicente da história. Lemos em qualquer lugar onde podemos ter um tempinho, mesmo que seja dois ou três minutos. Eu mesmo leio em filas, intervalo da escola, entre comerciais de televisão quando estou assistinho à algo, no banheiro, na rua... enfim, em qualquer lugar que se possa imaginar. 

Mas é duro e até mesmo desgostoso quando vemos que tanto esforço às vezes não vale de nada. Suas pálpebras cansadas ao longo da noite gritam de raiva quando ninguém comenta a resenha que você se esforçou ao máximo para escrevê-la, tendo o enorme cuidado com cada palavra que possa lhe ajudar a expressar a sensação que sentiu ao ler tal livro.

As pessoas não tem noção do quanto é gratificante e prazeroso ver um comentário no final do post, mesmo que ele tenha apenas algumas palavras. As pessoas não sabem o quanto é importante que cada um que leu a resenha, também expresse sua opinião do que achou da mesma e do conteúdo da resenha. Podem dizer tudo aquilo que você realmente sentiu ao ler a resenha, mesmo que a história não lhe agrade e você tenha que dizer algo nada bom. É sua opinião, ela vale de qualquer maneira.

Mas não! As pessoas não comentam, não tem coragem de ler a resenha, não se importam. Querem saber apenas se vai ter promoção do livro em questão, e só comenta se tiver um livro pra sorteio, e muitas vezes as pessoas nem lêem o que está escrito e escrevem comentários nada condizentes com o assunto. Comentários sem pé e nem cabeça. É, nós notamos isso. Acho que as pessoas tem que deixar de ser interesseiras e ler resenhas de livros sem pensar se vão ou não ter a chance de ganhar determinado livro. Claro que é bom ganhar livro, mas não é um apenas "Nossa que resenha legal, parabéns" que você vai conseguir créditos. Leia o post completo e expresse comentários que estejam a ver com o mesmo.

Esse post é mais que um desabafo, é um grito revoltante! Vemos o número de vizualizações no post, mas parecem que só vêem o post para ver se tem promoção. Eu tenho vários amigos blogueiros, e tento ao máximo retribuir comentários em seus respectivos blogs, contudo, nos últimos dias não venho tendo tempo pra isso, mas sempre que posso estou lá, dando minha opinião sobre o que ele escreveu.

Sei que muitos blogs vão concordar com o que digo, pois vários deles sofrem do mesmo problema. E esse é um dos principais problemas de ser um resenhista: Não ter seu "trabalho" valorizado! 

Douglas Brandão

5 comentários:

Carissa Vieira disse...

Sim, eu concordo com o que você diz. É realmente ums aco você ter tanto trabalho e depois as pessoas não lerem, comentarem qualquer coisa, sem nem ao menos ter o trabalho de ler sobre o que estão comentando.

Excelente texto.

Carissa
http://artearoundtheworld.blogspot.com

Leandro de Lira disse...

Oi!
Nossa, pelo menos alguém pensa como eu. É tão complicado quando pessoas comentam e nem ao menos leram a resenha, porque eu percebo quando alguém ler.
Concordo plenamente que quando passamos a madrugada lendo um livro com o maior prazer, para depois escrevermos uma resenha convincente. E muitas pessoas não reconhecem isso, até mesmo alguns autores.
Enfim, ser resenhista não é um mar de rosas como muitos pensam.
Parabéns pelo desabafo!
Abraço!

"Palavras ao Vento..."
www.leandro-de-lira.com

Rodolfo Euflauzino disse...

Caro Douglas, curto muito suas resenhas, mas hoje em dia priorizo quem realmente vale a pena ler. Talvez você tenho que mudar o foco das resenhas, tente não pensar muito no que os outros irão opinar, mas sim exteriorizar aquilo que carrega dentro de si. Assim você terá prazer em escrever as coisas bonitas que você tanto insistem em sair para o papel. Felicidades amigão!

Saleta de Leitura disse...

Concordo plenamento com o que o colega Douglas expos em seu post.
É exatamente como me sinto depois que acabo de postar um a resenha e poucos ou quase ninguém vem deixar uma palavra. Quantos comentários sentimos que a leitura foi de raspada para poder dizer algo bem bolado.

Parabéns pelo post e digno de ser divulgado nos blogs literários.

Abraços

Irene
Saleta de Leitura

Bárbara De Oliveira disse...

É. De fato é desestimulante não receber um feedback do público. Nao ter interação com o interlocutor. Talvez o fato de as pessoas simplesmente acessarem os blogs por entretenimento não dê um caráter sólido que exija respostas em contrapartida. Parece triste, mas acho que a maior aprovação do público ainda é o número de acessos.

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
2009 Template Bucólico|Templates e Acessórios