Quem sou eu

Quem sou eu
Em primeiro lugar uma pessoa grata a Deus por cada dia a mais que Ele me dá neste mundo de loucos ( sou uma deles )Depois mulher e mãe. Sempre fui apaixonada por livros e os meus são só a extensão desta paixão. Se escrevo bem, se consigo emocionar, vocês que vão dizer.

Primeiro Capítulo

Por dentro das Notícias

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

SQF: Entre os melhores!

Arquivos

Google+ Followers

Seguidores

Marcadores

#CircuitoNovoConceito (5) Adote um autor nacional (1) Aniversario (1) Bem-vinda ao blog (2) Bem-vindos ao blog (1) Beta Reader (1) bookaholic (1) Caixinha de Correio. (3) Capa (1) Capas (1) Colaborador (2) Comunicado (1) DECLARAÇÃO (1) Dia dos namorados (1) Divulgação (48) e Sextante (1) Editora Arqueiro (42) Editora Arqueiro Sextante (1) Editora Arqueiro Sextante Saída de Emergência. (1) Editora Baraúna (5) Editora Belas Letras (6) Editora BUTTERFLY (5) Editora Dimensão (2) Editora Dracaena (24) Editora ebookar (1) Editora Harlequin (18) Editora iD (2) Editora Intrínseca (2) Editora Kalunga (1) Editora Leya (2) Editora Novo Conceito (47) Editora Novo Século (18) Editora Petit (19) Editora Saída De Emergência. (3) Editora sextante (6) Editora Suma das Letras (2) Editora Universo dos livros (15) Editora Verus (1) Editora Vida Consciência (47) Editoras (12) Editoras Novo Conceito. (20) Editoras Novo Século (6) Entrevistas (3) Eu leio Brasil (1) Eu Leio seu Livro (1) Feliz Natal (1) Folclore (1) Grupo Record (2) Homenagem (9) Memes e Selinhos (9) Meu livro (9) Natal (2) Parceria (5) Páscoa (2) Poemas Machado de Assis (1) Pratique essa Ideia. (1) Promoção (42) Promocao 3 em 1 (4) Promoção de Aniversario. (3) Promoção de Aniversario.III (1) Promocão Foi assim que te amei (1) Promocões (5) Resenha Pedro Bandeira (1) Resenhas (74) Resultado de Promos (45) Séries on line (1) Sesc Pinheiros (2) Só para mulheres (1) Top comentarista (2) Top cometarista (11) TPM (1) Um sonho a mais (3) Verus Editora (1)

Blogs Parceiros

Estou lendo

Já li!

Visitas Recentes

Visualizações

Pesquisar este blog

segunda-feira, 11 de março de 2013

Resenha - Terras Metálicas

Sinopse - Terras Metálicas - Renato C. Nonato

A Última Guerra lavou a atmosfera com uma massa nuclear, tornando-a incapaz de sustentar a vida. Para continuar sobrevivendo, a humanidade precisou se adaptar, isolando-se numa atmosfera artificial: a Esfera, local onde tem se mantido com o passar das gerações. A utopia da sociedade reinou desde então, com a paz sendo mantida com mão de ferro pela Elite. Mas essa paz pode acabar… (skoob)

Resenha


Terras Metálicas logo me chamou atenção pela sua sinopse que prometia uma história bastante original, pois até então nunca tinha lido nada parecido ou que lembrasse, e assim sabia que tinha que fazer de tudo pra poder tê-lo na minha estante. Conheçam hoje o cenário perturbante que me deixou sem fôlego.

Esqueçam tudo que você conheceu hoje: árvores, sol, comida mastigável, ar, chuva, terra... E imaginem viver num espécie de bola dentro da Terra onde tudo isso foi imitado. Imaginou? Pois é, isso é o que aconteceu quando a Última Guerra lavou a atmosfera terrestre com uma massa nuclear tornando-a incapaz de sustentar vida. A espécie humana estava ameaçada de extinção para sempre. 

Para continuar a viver, a população teve que se concentrar numa Esfera debaixo da Terra onde o ar é condensado, o sol é um relógio gigante, o céu é composto por células fotossensíveis, tudo a sua volta é metal, e você não pode ter o número de filhos que quiser. Isso mesmo, as pessoas são obrigadas a terem somente um filho, mas aceitavam quando o caso era de filhos gêmeos. Ah, nem pensem que existe comida de verdade, as pessoas se alimentam com cápsulas com nutrientes necessários para o corpo.

É neste cenário ímpar que conhecemos Raquel, uma menina muito teimosa e de personalidade marcante. Junto com Camila, Ângelo, Isabella e Tales, frequentam a Academia, lugar onde estudam. Todos estão ansiosos pela cerimônia de implante, na qual ficará decidido em qual tipo de trabalho ficarão para ajudarem a manter a Esfera. As habilidades são Túneis (movem objetos a distância), Sibérios (tem o poder de temperatura sobre as coisas), Antenas (ler os pensamentos das pessoas) e Bios (os que controlam o próprio corpo), e ainda tem os Exilados(que não têm habilidade nenhuma e os mesmo são designados a trabalhos considerados bobos, como zelador). É algo meio parecido com Harry Potter na divisão das casas, mas na hora nem achei que era algo semelhante porque não consegui associar uma coisa a outra.

Com uma conversa aqui e outra ali, Raquel descobrirá que o IA, sistema responsável pelos meios de sobrevivência da Esfera está ameaçado pelo grande acúmulo de informações e pode se desligar, e se isso acontecer poderá matar todo mundo na Esfera. Preocupada, Raquel e seus amigos vão à busca de salvar a todos num enredo cheio de linhas que se cruzam formando um emaranhado de aventura, suspense e muita emoção.

Poderia ainda falar sobre muitas outras coisas sobre o livro, mas iria me alongar tanto que vocês não se importariam de ler o resto da resenha, então é melhor parar. 

~~~

Renato C. Nonato transpira talento. É notável sua total fonte de pesquisa durante todo o livro sem contar que ele tem uma narrativa poderosa e cativante. Com mais de 600 páginas, Terras Metálicas tem tudo aquilo que um leitor espera em uma nova história: comédia, ação, suspense, aventura, e bastante emoção. É algo inovador, o que promete muito no mundo literário. 

O autor deixou muitas dúvidas que até mesmo os personagens se questionam. Como a humanidade construiu uma Esfera tão grande como a que se encontram se demoraria anos se não séculos para chegar numa complexidade tão “perfeita”? E como construíram se estavam em Guerra? Será que já esperavam o iminente desfecho? E qual o motivo da Guerra que deixou o mundo num cenário apocalíptico? Não sei dizer se haverá ou não continuação, mas pressinto que sim. O livro termina numa parte muito instigante, e pra mim é difícil me conformar com aquela última frase de Raquel! Quero mais Renato Nonato!!! 

Douglas Brandão

5 comentários:

Rodolfo Euflauzino disse...

Caro Douglas, sua empolgação é palpável e, pior, nos deixa com aquela vontade absurda de procurar pelo livro. Ponto para suas palavras. A capa já havia me chamado a atenção, mas não sei o porquê de não adquiri-lo. Olha que gosto demais da coleção Novos Talentos da Literatura, a Novo Século manda muito no quesito novos autores. Então este livro já foi pra minha listinha de desejados. Você conseguiu pincelar um pouco de cada coisa e todas elas se tornaram únicas. Bela resenha!

Olhos de Sangue disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Terras Metálicas disse...

Adorei a resenha Douglas, e pode ter certeza que vai ter continuação sim, eu não seria tão mal de deixar a história com um final daqueles ^^

Rissia Ribeiro disse...

Não sei se quero ler o livro por sua linda capa ou por sua resenha maravilhosa, concerteza pude sentir a emoção com qual você escreveu suas palavras. Vou ver se consigo ler esse livro ^^ E quando se trata de um novo talento da literatura sem ler esse livro eu não vou ficar.

Leandro de Lira disse...

Oi Douglas!
Nossa, outra resenha animada! Não sei se eu gostaria da história em si. Pelo o que pude ler e pela forma como você transpareceu sua opinião, não fiquei tão entusiasmado.
Mas caso tenha oportunidade, lerei sim.
Abraço!

"Palavras ao Vento..."
www.leandro-de-lira.com

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
2009 Template Bucólico|Templates e Acessórios