Quem sou eu

Quem sou eu
Em primeiro lugar uma pessoa grata a Deus por cada dia a mais que Ele me dá neste mundo de loucos ( sou uma deles )Depois mulher e mãe. Sempre fui apaixonada por livros e os meus são só a extensão desta paixão. Se escrevo bem, se consigo emocionar, vocês que vão dizer.

Primeiro Capítulo

Por dentro das Notícias

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

SQF: Entre os melhores!

Google+ Followers

Seguidores

Marcadores

#CircuitoNovoConceito (5) Adote um autor nacional (1) Aniversario (1) Bem-vinda ao blog (2) Bem-vindos ao blog (1) Beta Reader (1) bookaholic (1) Caixinha de Correio. (3) Capa (1) Capas (1) Colaborador (2) Comunicado (1) DECLARAÇÃO (1) Dia dos namorados (1) Divulgação (48) e Sextante (1) Editora Arqueiro (42) Editora Arqueiro Sextante (1) Editora Arqueiro Sextante Saída de Emergência. (1) Editora Baraúna (5) Editora Belas Letras (6) Editora BUTTERFLY (5) Editora Dimensão (2) Editora Dracaena (24) Editora ebookar (1) Editora Harlequin (18) Editora iD (2) Editora Intrínseca (2) Editora Kalunga (1) Editora Leya (2) Editora Novo Conceito (47) Editora Novo Século (18) Editora Petit (19) Editora Saída De Emergência. (3) Editora sextante (6) Editora Suma das Letras (2) Editora Universo dos livros (15) Editora Verus (1) Editora Vida Consciência (47) Editoras (12) Editoras Novo Conceito. (20) Editoras Novo Século (6) Entrevistas (3) Eu leio Brasil (1) Eu Leio seu Livro (1) Feliz Natal (1) Folclore (1) Grupo Record (2) Homenagem (9) Memes e Selinhos (9) Meu livro (9) Natal (2) Parceria (5) Páscoa (2) Poemas Machado de Assis (1) Pratique essa Ideia. (1) Promoção (42) Promocao 3 em 1 (4) Promoção de Aniversario. (3) Promoção de Aniversario.III (1) Promocão Foi assim que te amei (1) Promocões (5) Resenha Pedro Bandeira (1) Resenhas (74) Resultado de Promos (45) Séries on line (1) Sesc Pinheiros (2) Só para mulheres (1) Top comentarista (2) Top cometarista (11) TPM (1) Um sonho a mais (3) Verus Editora (1)

Blogs Parceiros

Estou lendo

Já li!

Visitas Recentes

Visualizações

Pesquisar este blog

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Resenha: O pão da amizade - Darien Gee



Sinopse - O pão da amizade - Darien Gee

Um presente anônimo conduz uma mulher a uma jornada que ela jamais poderia imaginar. Certa tarde, Julia Evarts e Gracie, sua filha de cinco anos, chegam em casa e encontram um presente na varanda da frente: um pão da amizade com o simples bilhete "espero que você goste". Junto, há um pacote de farinha, instruções de como fazer o pão e um pedido para que ele seja compartilhado com outras pessoas. Ainda abalada pela tragédia que a distanciou da irmã, antes sua melhor amiga, Julia continua perdida quanto aos rumos de sua vida. Ela jogaria fora o presente anônimo, mas, para alegrar Gracie, concorda em assar o pão. Quando Julia conhece duas recem-chegadas a pequena cidade de Avalon, Illinois, ela desencadeia uma ligação ao oferecer a elas uma parte da massa. A viúva Madeline Davis esta trabalhando para manter aberto o seu salão de chá, enquanto a famosa violoncelista Hannah Wang de Brisay esta numa encruzilhada, com o fim da carreira e o do casamento. Na cozinha do salão de chá de Madeline, as três mulheres firmam uma amizade que mudará suas vidas para sempre. Não demora para que todos em Avalon estejam assando o pão em suas cozinhas. Mas este momento feliz e as novas amizades também apresentam um novo desafio: a necessidade de reencontrar a irmã e lidar com uma situação que ela preferia esquecer. O pão da amizade conta uma historia espiritual e comovente sobre vida, amizade, dores e dificuldades, comida e família, mas também sobre a necessidade de mantermos acesa a esperança.

Olá pessoal!

Primeiramente quero agradecer a minha querida amiga Márcia, que me fez este maravilhoso convite e me deu a oportunidade de compartilhar com vocês uma das minhas paixões, que é a leitura. Quero agradecer também a todos que me deram as boas vindas e dizer que estou mega feliz e tri animada com esse desafio.
A minha resenha de estreia será do livro que tive a honra de ser uma das escolhidas para ler em primeira mão no concurso O leitor é quem importa, promovido pela Editora Leya/Lua de papel em parceria com a Livraria Cultura.

Resenha:

Darien Gee faz sua estréia com o pé direito. O pão da amizade é escrito de forma confiante e convin
cente, característica presente nas obras de grandes autores. Ela nos transporta a cidade de Avalon, onde consegue apresentar ao leitor cada personagem de forma única e bem peculiar.
O livro encanta já no primeiro contato, pois possui uma capa que representa muito bem o seu conteúdo. A história tem uma ternura que conseguiu alcançar meu ser já nas primeiras páginas e a maneira como fala de questões e sentimentos presentes no dia-a-dia faz com que uma reflexão sobre a vida seja inevitável. No decorrer da leitura me peguei fazendo diversas comparações entre as situações vividas pelos personagens e as que vivenciei sendo protagonista ou apenas espectadora. A forma como Darien faz com que a união aconteça a partir das tragédias torna a presença da amizade um laço valioso que deve ser cuidado dia após dia assim como o pão.
A leitura flui de uma maneira maravilhosa, leve e envolvente, tendo como principal característica uma viagem de um personagem ao outro, criando um elo entre os acontecimentos e a vida de cada um. A história de cada morador da cidade passa a ser importante e decisiva para as ações que irão surgir no futuro. Além disso a idéia de que um simples presente pudesse interferir de forma significativa na vida de todos enche a historia de um delicioso mistério e uma busca incessante por respostas começa.
É extremamente difícil largar o livro sem ler as próximas paginas e descobrir os próximos acontecimentos, fazendo com que a ligação entre livro e leitor seja única e indissolúvel até o final. A semelhança entre a realidade e a história contada no livro traz uma avalanche de sentimentos onde rir, chorar, sonhar e se emocionar são meros acontecimentos diante da grande vontade de poder fazer parte da trama.
A medida em que o final se aproximava tentei prolongar ao máximo a leitura, pois não queria me afastar do lugar mais terno que conheci. Ao virar a última pagina é impossível não sentir saudade dos personagens e uma profunda tristeza por ter chegado ao fim.
Durante toda a leitura fui tomada por sensações que me levaram até mesmo a sen
tir o aroma do pão e ficar com água na boca imaginando cada fatia sendo compartilhada. A vontade foi tanta que assim que conclui o livro não resisti e fui fazer parte desta encantadora corrente. Fiz o pão e compartilhei com todos aqueles que fazem parte da minha vida, junto com pitadas de amor, respeito e felicidade.
Na minha opinião o livro resgata valores que estavam esquecidos e faz com que cresça osentimento de amizade e união, trazendo junto a esperança de que um gesto pode mudar o mundo.
Está resenha ficou em 14º lugar no concurso e eu fui premiada com 3 livros da Editora.
Espero que tenham gostado. Sintam-se à vontade para comentar e críticar
.
Beijinhos a todos e até a próxima.

6 comentários:

Márcia Paiva. disse...

Chegou, chegando! Aninha amei sua resenha.Tenho certeza que esta é a primeira de muitas. Já tinha lido algumas resenhas sobre o livro, mas a sua fechou. É mais um que está em minha listinha que a cada dia só cresce. Parabéns. Beijão.

Bruna Andreatta disse...

Bananaaaaaa...
como tu não me contou antes que ia postar uma resenha??
O texto ta lindo lindo lindo *-*
quase me convenceu de ler o livro ;)
Parabéns pela estréia.
Bjs

Ana Leticia disse...

Para Marcia: Que bom que foi para tua lista, gostei muito do livro como pode ver e super recomendo =D


Para Bruna: Obrigada pelo Bananaaaaaaaaaaaaaaaaa kkkkkk
sem comentarios né gente (amiga tem dessas) kkkkkkkkk

Valery disse...

Sua primeira resenha? tem certeza? rsrs ficou otima, eu já li algumas resenhas desse livro e fiquei interessada mas tenho receio de largar o livro pela metade apesar de nunca ter feito, eu sempre leio até o fim mesmo não gostando da leitura.
É que eu curto livros agitados e qdo eles são mais calmos eu acabo ficando impaciente, mas sua resenha está 10, parabéns.
Bjus
Claudia
Brilho das Estrelas

Mari Sampaio disse...

Não é a toa que ganhou uma colocação tão alta no concurso, né?

Sua resenha é linda, querida. Quase poética!

Amei ler, e vale cada segundo!
Marcinha, você tem um tesouro nas mãos!

Beijos

Erica Ferro disse...

Ai, que resenha linda!
Adoro livros que me façam refletir, que me arranquem esse tipo de sensação, que me façam rir e chorar, me emocionar de verdade, entende?
Livros de verdade são assim: nos marcam e nos fazem refletir sobre valores esquecidos, nos fazendo resgatar um "eu" perdido e dar valor as coisas realmente importantes da vida.

Ah, adorei! Sem dúvida vou procurar esse livro. Sem falar que a capa é MUITO linda, né?

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
2009 Template Bucólico|Templates e Acessórios