Quem sou eu

Quem sou eu
Em primeiro lugar uma pessoa grata a Deus por cada dia a mais que Ele me dá neste mundo de loucos ( sou uma deles )Depois mulher e mãe. Sempre fui apaixonada por livros e os meus são só a extensão desta paixão. Se escrevo bem, se consigo emocionar, vocês que vão dizer.

Primeiro Capítulo

Por dentro das Notícias

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

SQF: Entre os melhores!

Arquivos

Google+ Followers

Seguidores

Marcadores

#CircuitoNovoConceito (5) Adote um autor nacional (1) Aniversario (1) Bem-vinda ao blog (2) Bem-vindos ao blog (1) Beta Reader (1) bookaholic (1) Caixinha de Correio. (3) Capa (1) Capas (1) Colaborador (2) Comunicado (1) DECLARAÇÃO (1) Dia dos namorados (1) Divulgação (48) e Sextante (1) Editora Arqueiro (42) Editora Arqueiro Sextante (1) Editora Arqueiro Sextante Saída de Emergência. (1) Editora Baraúna (5) Editora Belas Letras (6) Editora BUTTERFLY (5) Editora Dimensão (2) Editora Dracaena (24) Editora ebookar (1) Editora Harlequin (18) Editora iD (2) Editora Intrínseca (2) Editora Kalunga (1) Editora Leya (2) Editora Novo Conceito (47) Editora Novo Século (18) Editora Petit (19) Editora Saída De Emergência. (3) Editora sextante (6) Editora Suma das Letras (2) Editora Universo dos livros (15) Editora Verus (1) Editora Vida Consciência (47) Editoras (12) Editoras Novo Conceito. (20) Editoras Novo Século (6) Entrevistas (3) Eu leio Brasil (1) Eu Leio seu Livro (1) Feliz Natal (1) Folclore (1) Grupo Record (2) Homenagem (9) Memes e Selinhos (9) Meu livro (9) Natal (2) Parceria (5) Páscoa (2) Poemas Machado de Assis (1) Pratique essa Ideia. (1) Promoção (42) Promocao 3 em 1 (4) Promoção de Aniversario. (3) Promoção de Aniversario.III (1) Promocão Foi assim que te amei (1) Promocões (5) Resenha Pedro Bandeira (1) Resenhas (74) Resultado de Promos (45) Séries on line (1) Sesc Pinheiros (2) Só para mulheres (1) Top comentarista (2) Top cometarista (11) TPM (1) Um sonho a mais (3) Verus Editora (1)

Blogs Parceiros

Estou lendo

Já li!

Visitas Recentes

Visualizações

Pesquisar este blog

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Resenha: Cidade dos Deuses!



Sinopse - Cidade dos Deuses - Evanice Maria Pereira
chandra, o príncipe de Naripura, recusa-se a adorar uma deusa de pedra. Alheio ao jogo de interesses que cerca o trono, ele entrega-se a um amor impossível. Kadine, a eleita do seu coração, não é filha da nobreza. Guiado por um amigo invisível, o príncipe mergulha nos mistérios do Além. No horizonte, nuvens negras rondam a Cidade dos Deuses em prenúncio de uma tragédia...

Resenha:

A trama se passa no reino de Naripura, o rei era Viasa um homem bom e justo, amado por seus súditos e claro, por sua esposa Madri e seus filhos Chandra, Nanda e a pequena Amalaca. Chandra por ser sucessor do trono seria o próximo rei.  Porem, por ser um menino muito especial, nasceu com dom da vidência, ele sabia que não seria rei. 

Desde a infância, o jovem sempre foi diferente das outras crianças. Ele tinha um amigo que o acompanhava, um ser luminoso. Por muitas vezes, suas profecias  deixavam seus pais sem ação.Era um príncipe, entretanto isso não o impedia de escapar do castelo e brincar na floresta com as crianças da aldeia. Para o povo o garoto não era visto com bons olhos, não conseguiam enxergar no herdeiro a força do pai. Sempre foi considerado diferente e chamavam suas visões de esquisitices. 

O povo era guiado espiritualmente por Nari. Um deusa que era representada por uma imagem. Chandra não acreditava que a deusa era poderosa.Ele sabia e sentia que havia uma força, um poder muito maior, só não sabia como busca-lo.

Havia um grupo de homens chamados de místicos, vistos como possuídos por demônios. Depois de algum tempo os treze são capturados e enviados ao calabouço do castelo. O ser iluminado, diz ao príncipe para soltar os treze justos senão seu pai cairia doente. O garoto tenta, porem por ser só um criança o carcereiro não lhe dá ouvidos. O rei é chamado e não acredita no filho, não lhe dá ouvidos.

No mesmo dia o rei cai doente. Coincidência? Não! Depois de muita insistência de Chandra o rei ordena a libertação dos treze e por milagre sua saúde é restabelecida. Porem, quem cai doente é o menino. O rei desesperado corre com o filho nos braços até  Nari depositando o filho aos seus pés. Pede fervorosamente por um milagre. Nada acontece. Desesperado por estar perdendo seu filho, sai com o menino e ora para o ser Maior, o mesmo dos místicos, e um milagre acontece. Chandra se cura. O rei sente um amor tão grande por esse Ser que secretamente passa a orar só a ele.

Nura era o sacerdote. Ele recebia mensagens “revelações” da deusa. Em uma dessas supostas mensagens, a deusa falou do menino e Nura foi ter com o rei, expondo o problema. Nura acreditava que o menino era possuído por demônios. Mesmo contra sua vontade o rei atendeu ao pedido do sacerdote. Deixaria seu herdeiro em suas mãos para ver se expulsava as estranhezas do filho. Na mesma noite os pais de Chandra se arrependeram e queriam o menino de volta. Ao anoitecer, um ser surge durante o sono dos reis. Em espírito os leva até o mosteiro onde estava seu filho e lá tiveram um visão maravilhosa de um ser muito luminoso vigiando o sono de Chandra.

Após o ocorrido no mosteiro, o garoto resolve ocultar seu dom. Menti quando o pai pergunta sobre suas visões, dizendo que não tinha mais. E assim vai vivendo. Desde pequeno Chandra ouvia história sobre o desentendimento entre os reinos de Pandya e Naripura.O garoto sempre achou uma estupidez essa briga. Um ódio alimentado por seus antepassados e passado de geração em geração. Em sua primeira viagem sozinho, para um reino distante, ele salva um homem de ser mordido por uma cobra. Após algum tempo de conversa seu nome é revelado: Era o príncipe herdeiro de Pandya, ou seja, seu primo. O destino colocou frente a frente seu maior inimigo.

Ao voltar para casa, ele resolve revelar seu amor por Kadine, amiga de infância e o amor de sua vida. Por ser uma aldeã pobre sem posses, o rei é totalmente contra a união. Porem, com o intermédio da rainha, o rei finalmente cede ao desejo do filho. A data do noivado é marcada no dia do aniversario de Chandra e neste dia ele tem uma terrível revelação.Uma tragédia  se aproximava...

Minha resenha para aqui. Quando tiverem oportunidade não deixem de ler e saber o desfecho.Sou má né?

Na época passada, não havia o conhecimento de Deus. Chandra sabia de sua existência porque sentia o grande amor dentro de seu coração, só não conseguia compreender, porque ele via e falava com seres iluminados. Sua procura termina ao reencontrar Sanjaia, um dos treze, que estavam preso do calabouço.  O livro é lindo. Vamos amadurecendo com Chandra no decorrer dos anos. O livro nos faz pensar do inicio ao fim. Na verdade é recheado de ensinamento espirituais. Na minha opinião é um livro indispensável  recomendo para todos, vale muito a pena. A escrita é belíssima e as palavras nos toca profundamente.Eu adorei cada pagina, e quando acabou, fiquei querendo mais. Com certeza vou reler. Não posso deixar de falar da capa que é linda. As letras em vermelho são em alto relevo.

Quero agradecer a nossa parceira Editora BUTTERFLY que cedeu gentilmente o exemplar.

E ai,gostaram? Deixem seus comentários!


4 comentários:

Rafaella disse...

Já li Cidade dos Deuses e amei. No começo da leitura o livro me dava sono. Era ler duas páginas e eu dormia rs
Na metade da obra que eu comecei a gostar e acabei amando o livro. Sem dúvidas é recomendado.
Beijos,
http://laviestallieurs.blogspot.com.br/

Douglas Dias Brandão disse...

Queria ter lido, rs. Tô começando a amar livros espíritas, estou ficando fascinado como a forma que ele são escritos. Quando leio um, parece que o tempo não passa, e em uma hora leio 150 páginas, o tempo parece parar literalmente, e me sinto bem lendo um livro espírita.
Amei a resenha, Márcia, ficou massa que só!

Rodolfo Euflauzino disse...

O título por si só já havia me capturado. Há muito tempo não leio um livro que tenha uma temática, por assim dizer, mais espiritualista. Confesso que achei estranhíssimo o nome Chandra, fiquei aqui pensando em uma filha minha que tivesse um nome desses. Brincadeirinha. A resenha me abriu o apetite e se a função era essa você está de parabéns querida Marcia. Bjos.

Dryh Meira disse...

Oiii
Adorei a sua resenha,parabéns
Nunca tinha lido nada a respeito desse livro antes, mas adorei a sua resenha...Estou muuito curiosa para lê-lo.
A história me interessou muuuito.
Confesso que o que mais me atraiu no livro para ler a resenha foi a capa e o titulo..rsrs
Bjs
http://shakedepalavras.blogspot.com.br

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
2009 Template Bucólico|Templates e Acessórios