Quem sou eu

Quem sou eu
Em primeiro lugar uma pessoa grata a Deus por cada dia a mais que Ele me dá neste mundo de loucos ( sou uma deles )Depois mulher e mãe. Sempre fui apaixonada por livros e os meus são só a extensão desta paixão. Se escrevo bem, se consigo emocionar, vocês que vão dizer.

Primeiro Capítulo

Por dentro das Notícias

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

SQF: Entre os melhores!

Arquivos

Google+ Followers

Seguidores

Marcadores

#CircuitoNovoConceito (5) Adote um autor nacional (1) Aniversario (1) Bem-vinda ao blog (2) Bem-vindos ao blog (1) Beta Reader (1) bookaholic (1) Caixinha de Correio. (3) Capa (1) Capas (1) Colaborador (2) Comunicado (1) DECLARAÇÃO (1) Dia dos namorados (1) Divulgação (48) e Sextante (1) Editora Arqueiro (42) Editora Arqueiro Sextante (1) Editora Arqueiro Sextante Saída de Emergência. (1) Editora Baraúna (5) Editora Belas Letras (6) Editora BUTTERFLY (5) Editora Dimensão (2) Editora Dracaena (24) Editora ebookar (1) Editora Harlequin (18) Editora iD (2) Editora Intrínseca (2) Editora Kalunga (1) Editora Leya (2) Editora Novo Conceito (47) Editora Novo Século (18) Editora Petit (19) Editora Saída De Emergência. (3) Editora sextante (6) Editora Suma das Letras (2) Editora Universo dos livros (15) Editora Verus (1) Editora Vida Consciência (47) Editoras (12) Editoras Novo Conceito. (20) Editoras Novo Século (6) Entrevistas (3) Eu leio Brasil (1) Eu Leio seu Livro (1) Feliz Natal (1) Folclore (1) Grupo Record (2) Homenagem (9) Memes e Selinhos (9) Meu livro (9) Natal (2) Parceria (5) Páscoa (2) Poemas Machado de Assis (1) Pratique essa Ideia. (1) Promoção (42) Promocao 3 em 1 (4) Promoção de Aniversario. (3) Promoção de Aniversario.III (1) Promocão Foi assim que te amei (1) Promocões (5) Resenha Pedro Bandeira (1) Resenhas (74) Resultado de Promos (45) Séries on line (1) Sesc Pinheiros (2) Só para mulheres (1) Top comentarista (2) Top cometarista (11) TPM (1) Um sonho a mais (3) Verus Editora (1)

Blogs Parceiros

Estou lendo

Já li!

Visitas Recentes

Visualizações

Pesquisar este blog

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Resenha - História de Um Primeiro Amor



Sinopse: Abordando o dia-a-dia e os sentimentos do adolescente que descobre o amor - que o fazem chorar e rir - o tom coloquial da narrativa recria o universo verbal próprio da idade.

Resenha:


O livro começa com Mazinho chegando em sua casa tarde da noite, onde sua mãe o recebe com uma tempestades de perguntas. Ele fica revoltado, diz que já tem idade, e não pode mais ser tratado como uma criança. Sua mãe diz que ele tem que arrumar um emprego, e até que acaba encontrando um. Trabalha, mas não gosta do trabalho, faz por querer apenas o pagamento todo mês.
Ele sai com os amigos, e sempre fica paralisado quando vê sua amada, a Alda. Sente uma raiva fortíssima quando a vê com o Imbecil, Imbecil é como Mazinho chama o cara que namora com sua Alda. Ele detesta ver os dois se beijando, mas por mais que Mazinho não queira admitir, ele está gamadinho-zinho por Aldinha, como diz sua irmã Carla.
Ele vai vivendo sua vida, contando suas emoções de um primeiro amor, quando tudo parece ser bom, mas ele sabe que não é. Ele passa a notar coisas que antes com certeza lhe passavam despercebidas, conversa com seu grande amigão, o velho “relojão”, seu companheiro de anos e o mais confiável.

Um, que se chama Deus, sabe: pra mim você é tão quase-tudo, que tudo sem você se torna quase-sem”  Pág.18

Eu estava com saudades de ler um livro bem brasileiro, sabe, com aquelas narrativas que todo mundo acha complicado (até concordo um pouco), mas curto bastante, por isso amo Clarice Lispector. Drummond Amorim esbanjou essa narrativa objetiva, direta, rebuscada, que me deixa tão apaixonado por um livro, pois ele descreve poeticamente os sentimentos do personagem com tudo a sua volta, enlaça tudo com o objetivo de expressar apenas um sentimento, o que é bastante diferente dos livros que vemos hoje, onde personagens de primeira pessoa sempre dão voltas e mais voltas pra falar ou fazer algo, por exemplo Bella de Crepúsculo, o que me deixa irritadíssimo.
Apesar de ser um dos livros que gosto bastante de ler, acaba se tornando um pouco difícil de resenhar um livro assim, mas digo que Amorim soube conduzir  com maestria as divagações de um primeiro amor, as incertezas, o turbilhão de pensamentos que rondam nossas cabeças, até quando sentimos aquele dor de uma desilusão...
O livro foi lançado pela editora Dimensão, uma editora que é dedica especialmente a livros infantis, mas como este em questão tem algumas gírias com duplo sentido, palavras com trocadilhos e tal, creio que é um livro que pode ser lido a partir dos 10 ou 11 anos de idade em diante. O livro contém ilustrações muito lúdicas com um toque brasileiro que o deixa mais divertido de se ler.
Indico fortemente para todos! 


Leitor compulsivo, musicista, escritor, poeta, estudante de magistério, resenhista, 
viciado em Harry Potter, apaixonado por Clarice Lispector, sou Douglas Brandão, 
tenho 16 anos e meu maior sonho é ser um pediatra/escritor. 
Faço aqui um trabalho com gosto, amo ser resenhista, incentivar leitores a ler
novos livros, descobrir novos mundos e se aventurar sob páginas e palavras. 
Espero que esteja alcançando meu objetivo, e que vocês estejam gostando 
das minhas dicas!
Abraços!

3 comentários:

Rodolfo Euflauzino disse...

Douglas amigão, este é um livro que pela capa eu passaria longe, veja só como é que andam as coisas. Compramos pela capa. Mas uma frase que você colocou logo provou que eu estou completamente enganado: “Um, que se chama Deus, sabe: pra mim você é tão quase-tudo, que tudo sem você se torna quase-sem”. Penso que existem livros que valem por uma frase bem colocada, não sei se é o caso desse e por suas palavras não deve ser, ele tem muito mais a nos mostrar. Assim como compro livros pela capa, compro livros pelas frases e esta sua resenha me abriu os olhos. Valeu pela dica!

Douglas Dias Brandão disse...

Ôpa, agradeço Rodolfo, é muito bom saber que eu realmente esteja mudando o conceito das pessoas que leem minhas resenhas!
Obrigado!

Evellyn Nascimento disse...

Eu li esse livro no primeiro ano e amei esse jeito diferente do mesmo <3 Depois fui pesquisar o que outras pessoas acharam (coisa que gosto de fazer) e não entendo como encontrei tanta gente sem gostar dele. Acredito que não entenderam o livro '-' Parabéns pela resenha! A forma que você escreveu me faz ter vontade de ler outra vez.

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
2009 Template Bucólico|Templates e Acessórios